Observatório do One World Trade Center: visite!

Definitivamente Nova York é uma cidade que merece ser vista do alto. Dessa vez, a meta era subir ao observatório do One World Trade Center, já que das últimas duas vezes que visitei a cidade, não foi possível.

Em 2011, só havia uma grande cratera e um memorial provisório em homenagem às vítimas. Em 2014, o prédio estava sendo finalizado e ainda não era possível subir ao observatório, inaugurado 2 meses depois. Agora, em 2017, voltei determinada a ver a cidade por esse novo ângulo.

E foi uma das experiências mais incríveis da viagem! O observatório do One World Trade Center, o Memorial do 11/09 e o jardim criado no entorno são atrações imperdíveis em Nova York!

Em toda viagem gosto de subir em torres, campanários e arranha-céus para admirar as cidades do alto. Não é só pela vista, mas pela sensação de liberdade que sinto estando lá em cima, pertinho do céu.

One World Trade Center observatório

A experiência de subir ao Observatório do One World Trade Center

O One World Trade Center é o prédio mais alto de Nova York e da América, e está entre um dos maiores do mundo. Muito mais alto do que a Torre Eiffel (324m), lá do alto dos seus 102 andares é possível ter uma vista incrível de 360º de Nova York.

Antes de comprar o ingresso online, confira a previsão do tempo, pois em dias nublados ou chuvosos a vista da cidade fica prejudicada. Se a previsão indicar tempo bom, prefira subir pela manhã ou no pôr-do-sol.

Visitei o observatório no domingo de manhã e a fila não era grande. Na alta temporada é recomendável comprar com antecedência, pois só é permitida a entrada de grupos pequenos de cada vez.

A entrada para o observatório fica na Fulton Street, esquina da Vesey com West Street. Para chegar lá, prefira a estação de metrô de mesmo nome, a World Trade Center.

A estação inaugurada em 2016 é um projeto do arquiteto Santiago Calatrava e simboliza uma ave de asas abertas. Seria a águia americana ou uma pomba da paz?!

Além do metrô, o espaço também conta com um enorme e elegante shopping e alguns restaurantes.

Entrada no One World Trade Center

Depois da fila do ingresso (para quem não comprou online) somos encaminhados ao subsolo do edifício, onde está localizado o elevador que nos leva ao 102º andar. Por segurança, as bolsas e todos os visitantes passam por rigorosa revista no raio-X.

Depois da revista, começa o passeio pelo interior do edifício, até o hall do elevador. O prédio usa bastante tecnologia e interatividade em todos os momentos.

Logo que chegamos ao Global Welcome Center, um telão mostra a quantidade e origem das pessoas que já visitaram o local. Seguindo, passamos por telas com depoimentos de engenheiros e outros trabalhadores da obra explicando como foi todo o processo de reconstrução do local.

Alguns corredores têm reproduções de paredes rochosas, para mostrar ao visitante como era o terreno onde foi feita a fundação do prédio e as dificuldades de executar uma obra dessa dimensão.

One World Trade Center observatório One World Trade Center observatórioOne World Trade Center observatório One World Trade Center observatório

One World Trade Center observatório

Subindo ao 102º andar

A tecnologia também está presente no elevador, que sobe até o 102º andar em apenas um minuto. Enquanto subimos, assistimos a um filme bem interessante sobre o crescimento de Nova York. Mostra a cidade nos primórdios e como foi se transformando ao longo dos anos. Cada vez mais prédios, e cada vez mais altos!!

É como uma viagem no tempo. Um dos detalhes mais interessantes do filme é ver uma das torres gêmeas sendo construída e depois sumindo, em segundos, no ano de 2001. Eles podiam não ter colocado, mas faz parte da história de NY então tinha que estar lá, né?!

Filmei a subida do elevador tanto na ida como na volta, mas achei melhor compartilhar o vídeo da FoxNews, sem ninguém dentro. Fica mais fácil de visualizar o filme inteiro, sem os passageiros na frente da tela.

Do chão ao céu em um minuto

Em um minuto o elevador chega e a porta se abre.

Os passageiros de todos os elevadores fazem uma fila no corredor esperando passar em seguida ao observatório. Aí começa mais um filme curtinho sobre a cidade, com um enfoque diferente: a correria, o trânsito, a agitação.

Acaba e a tela sobe rapidamente. E, de repente, estamos lá, diante de Nova York, a ilha mais importante do país. É um momento emocionante… e não é exagero.

One World Trade Center observatório

Passamos a observar a vista de Nova York e, mesmo já tendo subido a vários arranha-céus e rooftops na cidade, continuo me surpreendendo com a grandeza dessa cidade que nunca pára. Sempre há dezenas de prédios novos sendo construídos e ainda existe espaço para muitos outros.

Do alto dos seus 540 metros é possível avistar vários pontos turísticos de Nova York. Empire StateChryslerponte do BrooklynManhattan BridgeEstátua da Liberdade (pequenininha), rio HudsonEast River, New Jersey, o Brooklyn… e um horizonte infinito.

A sensação de liberdade é inevitável estando tão afastada de tudo e, talvez por isso, tenham batizado o prédio inicialmente de Freedom Tower. O nome mudou, mas a sensação não!

One World Trade Center observatório

One World Trade Center observatório

O observatório oferece, ainda, o aluguel de um iPad por US$ 15,00. O aplicativo reconhece a sua posição geográfica e indica os pontos turísticos localizados à sua frente, com explicação em vários idiomas.  Conforme você vai se movimentando o aplicativo mostra outros atrativos turísticos.

Achei o iPad interessante para quem está visitando a cidade pela primeira vez. Mas se já conhece a cidade e reconhece sozinho alguns pontos, não precisa — a menos que faça questão de informações mais detalhadas sobre cada local.

One World Trade Center observatório

One World Trade Center observatório

Os visitantes podem observar a vista de Nova York tanto no 102º andar como nos 101º e 100º andares, além de desfrutar do café, do bar e do restaurante localizados no observatório. O restaurante oferece jantar com uma vista espetacular de Nova York, mas é preciso fazer reserva antecipada.

One World Trade Center observatório

One World Trade Center observatório

Vale a pena subir ao Observatório do One World Trade Center?

SIM!!! Definitivamente. Como falei no início do post, Nova York é uma cidade que merece ser vista do alto. A cada vez que volto, gosto de descobrir lugares para apreciar a beleza e a arquitetura dos prédios dessa ilha que é um dos meus destinos preferidos.

A paisagem nunca é a mesma. O skyline de Nova York está sempre em transformação com edifícios sendo construídos a cada dia.

Da próxima vez quero subir ao One World no pôr-do-sol e jantar enquanto a noite cai. Deve ser um espetáculo!

Descendo do 100º andar

Na volta, pegamos o elevador no 100º andar e a distração era um filme que simula o vôo de um helicóptero sobre a cidade. E, por falar nisso, imagina sobrevoar NY de helicóptero.

Saí do Observatório com a certeza de que valeu a pena esperar tantos anos para poder ver Nova York por esse ângulo. Esse observatório é muito mais do que um lugar para ver Nova York do alto.

Todo o complexo é um importante símbolo da cidade e dos Estados Unidos; é, ao mesmo tempo, uma mensagem de força, determinação e superação.

É um lugar onde temos a oportunidade de refletir sobre a esperança, a paz e o amor que queremos ver no mundo! 😉

One World Trade Center observatório One World Trade Center observatórioOne World Trade Center observatório

Informações Gerais

Não é permitido entrar com bolsas ou mochilas grandes, alguns equipamentos profissionais de foto, ou mesmo bebidas e comidas.

No final do tour há uma lojinha com souvenirs lindos e personalizados do One World Trade Center. Acho que vale comprar uma lembrança especial desse lugar cheio de história. 

Aproveite para combinar o passeio com outros pontos turísticos do sul de Manhattan. Aqui nesse post você encontra várias atrações – Um tour pelo sul da ilha de Manhattan.

Preço: US$ 32,00 adultos, U$S 30,00 idosos e US$ 26,00 crianças

Funcionamento: diariamente, das 9:00 as 20:00 hs. No verão o horário se estende até as 22:00 hs.

Endereço: 285 Fulton Street, esquina da Vesey com West Street.

One comment on “Observatório do One World Trade Center: visite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *