Os surpreendentes sabores de Manaus

Desfrutar da culinária local e experimentar novos sabores é um dos grandes atrativos de qualquer viagem. Em Manaus, a variedade de pratos e ingredientes é extraordinária e, depois de provar um pouco de tudo, posso dizer que a gastronomia da cidade surpreende pela riqueza de exotismo e criatividade.

Infelizmente, aqui no Sudeste não encontramos a maioria dos peixes da Amazônia — tambaqui, tucunaré, pirarucu, pacu — que são a base da alimentação e estão no cardápio de todos os restaurantes. Também não podem faltar na degustação a tapioca, o pato no tucupi e o tacacá, estes dois feitos à base de jambú, uma erva capaz de anestesiar a língua por alguns minutos.

tacaca-da-gisela-manaus-_blog-na-duvida-embarque-small

O mesmo vale para os frutos, que são inúmeros. Além dos conhecidos açaí e guaraná, há ainda cupuaçu, buriti, graviola, pupunha, taperebá e tucumã. Fui apresentada a todos, ainda que alguns apenas por meio dos famosos bombons recheados, que também ganham a forma de mousse, suco, sorvete e até recheio de sanduíche, como é o caso do x-caboquinho, que leva lâminas de tucumã.

Pensando em experimentar a culinária amazônica, pesquisei sobre os melhores restaurantes de Manaus e listei aqueles que considero os mais relevantes.

Descubra onde comer em Manaus

Tambaqui de Banda

Localizado ao lado do Teatro Amazonas, principal cartão postal de Manaus, o Tambaqui de Banda foi o primeiro restaurante que conheci. Além da localização super-estratégica, o local se destaca pela excelente e premiada culinária regional. Lá é possível experimentar pratos típicos da região Norte do Brasil, com destaque para o peixe que dá nome ao restaurante.

O cardápio inclui delícias como o tambaqui com tucupi (molho derivado da mandioca), a moqueca caboca e o nhoque de tambaqui ao molho de tacacá. Experimentei a suculenta costela de tambaqui assada na brasa e, de entrada, bolinho de pirarucu e caldinho de peixe (servido aliás, em todos os restaurantes da cidade como cortesia). Os pratos são bonitos, bem montados e o mais importante: saborosos!

tambaqui-de-banda-manaus_-na-duvida-embarque-3-small tambaqui-de-banda-manaus_-na-duvida-embarque-4-small
tambaqui-de-banda-manaus_-na-duvida-embarque-1-small

tambaqui-de-banda-manaus_-na-duvida-embarque-5-small

O ambiente é bastante agradável e possui uma vista supercharmosa para o Largo de São Sebastião (onde também experimentei o tradicional tacacá da Gisela) e para o Teatro Amazonas. É possível escolher as mesinhas da calçada ou as mesas do segundo andar, onde o ambiente é refrigerado e, por isso, mais apropriado para o calor manauara.

Na recepção do restaurante, não deixe de observar a escultura do tambaqui que, além de enorme, é um dos alimentos mais importantes da região. Merecida homenagem. Também não esqueça de trazer seu passaporte para ganhar um carimbo de lembrança desse mundo culinário.

tambaqui-de-banda-manaus_-na-duvida-embarque-6-small carimbo-no-passaporte-tambaqui-de-banda-_blog-na-duvida-embarque-smalltambaqui-de-banda-manaus_-na-duvida-embarque-2-small

Endereço: Rua José Clemente 596, Centro.

Além da unidade do Centro, o Tambaqui de Banda possui outra filial em Manaus. Durante o dia, a filial do Parque 10 possui cardápio igual ao do Centro mas, à noite, o cardápio fica mais descontraído: hambúrguer, cachorro quente e milkshake, que lá ganham irreverência, personalidade e qualidade. Eu, que amo experimentar hambúrgueres gourmets, como já contei em outro post, não podia deixar de conhecer, né?!

Além dos tradicionais hambúrgueres de carne, eles também servem hambúrguer de peixe (tambaqui, claro!). Todos são assados na brasa, para preservar o sabor e os nomes divertidos são um convite a experimentar. O Tamba-X vem com maionese de tucupi e vinagrete confitado, enquanto o Abacon-Xis leva cebola caramelizada, bacon aioli, abacaxi e molho de abacaxi. Realmente deliciosos!

O segredo do sucesso desses burguers são os molhos preparados pelo chef, que harmoniza tudo para chegar ao melhor sabor. Para acompanhar, batata frita com molhos à escolha do cliente e milkshake de cupuaçu (uau!).

tambaqui-de-banda-manaus_blog-na-duvida-embarque-6-small tambaqui-de-banda-manaus_blog-na-duvida-embarque-2-smalltambaqui-de-banda-manaus_blog-na-duvida-embarque-5-small

Endereço: Avenida Tancredo Neves 9, Parque 10.

Lá na unidade do Parque 10, tive a oportunidade de conhecer o Mario Valle, o carismático dono do restaurante, e o chef Daniel Vassalo que, ao lado da chef Elisangela Valle, comanda a cozinha das duas unidades.

Conversa vai, conversa vem, e não é que descobri que além de o Tambaqui de Banda ser um restaurante super premiado e o favorito de diversas personalidades, ele foi um dos restaurantes responsáveis por abastecer a Arena Amazônia durante a Copa de 2014?! O fish and chips amazônico (feito de tambaqui) ficou famoso no mundo e saiu em vários jornais. E, claro, o Mario tem o maior orgulho disso!

Banzeiro

Esse restaurante possui um cardápio mais próximo da alta gastronomia e, por isso, é também o mais caro. Dificilmente um jantar para duas pessoas sairá por menos de R$ 250,00 (considerando entrada, prato principal, sobremesa e bebidas). Assim como o Tambaqui de Banda, possui prêmios e indicações.

A qualidade da comida e o atendimento são inegáveis, o ambiente é lindo e refrigerado e o cardápio apresenta uma enorme variedade de pratos amazônicos. Experimentamos o filé de tambaqui acompanhado de vinagrete de banana e farofa de queijo coalho e o famoso pato com tucupi, além do delicioso mousse de cupuaçu com castanha.restaurante-banzeiro-manaus-na-duvida-embarque-2-smallrestaurante-banzeiro-manaus-na-duvida-embarque-1-small

restaurante-banzeiro-manaus-na-duvida-embarque-3-small

Endereço: Rua Libertador 102, Nossa Senhora das Graças.

Choupana

Restaurante com ambiente rústico e atendimento mais simples. Infelizmente, tanto a apresentação do prato como o sabor deixaram a desejar. No cardápio a opção de filé de peixe com molho de camarão, purê de batata e arroz parecia boa, mas para minha surpresa o purê vinha misturado com o molho e o peixe. Achei bem estranho.

De qualquer forma, o Choupana é um restaurante famoso em Manaus e pode ter sido só uma falta de sorte com este prato. Acho que vale conhecer, mas pedindo outra opção.

restaurante-choupana-manaus_-na-duvida-embarque-small

choupana-manaus

Endereço: Avenida Mário Ypiranga 790, Adrianópolis.

Lembra daquela conversa com o Mario Valle? Pois é, ele acabou nos convidando para conhecer o evento Chef Urbano, que contou com a presença de mais de 40 restaurantes locais, além da presença dos finalistas do MasterChef Brasil. O evento é enorme e tem capacidade para mais de 2.000 pessoas. Mais uma vez, tudo o que experimentei estava delicioso!

Teve comida mexicana e, advinhem… hambúrguer, claro!  O escolhido da vez foi o Consulado do Hambúrguer, que tem como carro-chefe o Parisiense (que leva bacon, pimentão adocicado, cream cheese e geléia gourmet no pão de leite).

restaurante-consulado-do-hamburguer-manaus_-blog-na-duvida-embarque-1-small

restaurante-consulado-do-hamburguer-manaus_-blog-na-duvida-embarque-6-small

Além dos passeios, do contato com a natureza e das pessoas maravilhosas que conheci, a culinária amazonense me surpreendeu!

O Mario, que é um entusiasta das boas idéias e de sua cidade, pediu que eu falasse de Manaus aos quatro ventos… No que depender de mim, vou rodar o mundo contando sobre as maravilhas dessa terra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *