Paris e os… Parisii, Parise, Parizzi

Paris é realmente muito mais do que conseguimos imaginar. Uma cidade imperdível para os apaixonados, para os que gostam de boa comida, bons vinhos, arte, história e arquitetura… Em outras palavras, para os amantes do savoir vivre.

Escrever sobre a capital francesa não é fácil, pois são muitas dicas e atrações para resumir em um único texto. Assim, decidi dividir a cidade por regiões, agrupando os pontos turísticos de acordo com a localização, de forma a facilitar quem estiver pensando em embarcar para Paris. Foi esse o roteiro que fiz e segui em minha primeira viagem para conhecer a terra dos parisienses e aproveitar ao máximo cada arrondissement. Veja os links no final desse post.

Muitos acreditam que a alcunha de Cidade Luz tem origem na boa iluminação dos monumentos e na quantidade de lâmpadas acesas à noite. Até poderia ser, pois a cidade é muito bem iluminada e todos os seus pontos turísticos reluzem como se tivessem luz própria. Porém, na verdade, a referência remete à época do movimento Iluminista, em que Paris foi o centro intelectual do mundo, onde estavam as mentes mais iluminadas da civilização.

Obviamente, tanta luminosidade não se apagou com o passar do tempo, e a Paris de hoje continua sendo um importante centro cultural que dita tendências em diversas áreas do conhecimento, moda e estilo de vida, principalmente no Ocidente. Que mulher não se inspira nas francesas esbeltas que andam de bicicleta e compram baguettes e flores antes de chegar em casa?

Paris_França_Na dúvida embarque

Aliás, não à toa, Paris é a cidade no mundo que mais recebe visitantes por ano — e, apesar dos trágicos atentados terroristas, ainda tão recentes, o movimento de turistas parece nunca diminuir. Acho que pode até gerar um movimento contrário, do tipo: deixe eu ir logo antes que aconteça algo mais grave…

Paris e os… Parisii, Parise, Parizzi

Particularmente, sou suspeita para falar sobre Paris (e sobre a França), pois sempre fui apaixonada por tudo relacionado ao idioma, à cultura, à história e seu estilo romântico-chique-despojado.

Meu próprio sobrenome (Parise), embora tenha origem italiana, refere-se a antepassados que vieram de Paris em algum momento da história, gravando em minha personalidade — e na de tantos outros Parise, Parisi, Parizzi — essa raiz.

Estudei francês por anos, fiz provas de Certificação do Ministério da Educação Francês, fiquei noiva nessa cidade (a maior surpresa da minha vida) e, claro, meu sonho é morar lá um dia… mas isso rende outro post.

Visitando a cidade, descobri o local que é considerado seu “berço”, onde os Parisii (assim chamados os pertencentes da tribo celta) se instalaram e deram início a um pequeno povoado que mais tarde viria a se tornar Paris. É a Cripta Arqueológica, localizada na Île de la Cité. 

E o barco com o nome Parisis?! Coincidência ou não, a empresa Vedette du Pont-Neuf fica localizada exatamente na pontinha da Île de la Cité, na Praça du Vert-Galant. Esse é o ponto de embarque e desembarque. Amei esse passeio pelo rio Sena, realmente imperdível para quem está em Paris!

barco Parisis_Paris_ Na dúvida embarque

Paris França Cidade Luz Na dúvida embarque

Esse texto é apenas uma introdução para outros assuntos e atrativos que todos conhecemos um pouco e que fazem nos sentirmos verdadeiros parisienses quando estamos em Paris.

Clique nos links abaixo e desbrave a capital da França com a gente!

Quando ir e quantos dias ficar

Quartier Latin e Île de La Cité

Montmartre e a Basílica do Sacré-Coeur

Do Arco do Triunfo ao Museu do Louvre

Torre Eiffel

Faça agora seu seguro viagem, com o melhor preço do mercado!

Real Seguro Viagem seguro_viagem Na dúvida embarque_728x90

0 comments on “Paris e os… Parisii, Parise, Parizzi

    1 Pings/Trackbacks for "Paris e os… Parisii, Parise, Parizzi"

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *