Roteiro por Bruxelas: o que fazer em 2 dias

Em Bruxelas por onde andamos nos deparamos com arte, arquitetura e boa gastronomia. Nesse roteiro por Bruxelas você encontra dicas do que fazer em 2 dias na capital da Bélgica e onde encontrar cerveja, batata frita, whaffle e chocolate, alguns ingredientes que fazem dessa uma cidade tão desejada.

Bruxelas é uma capital multicultural, onde mais da metade da população é composta por imigrantes e fala-se, pelo menos, 3 idiomas (francês, holandês e inglês). Uma mescla de gostos e culturas.

Esse ar cosmopolita cativa os visitantes que descobrem uma cidade que vai muito além das delícias gastronômicas. Bruxelas também é o berço dos desenhos em quadrinho, do Surrealismo de Magritte e da Art Nouveau de Victor Horta.

roteiro por Bruxelas

Chegando e saindo

Há muitos vôos e trens ligando Bruxelas a vários destinos da Europa.

Trem – existem 3 estações de trem em Bruxelas (Gare du Nord, Gard Centrale e Gare du Midi). Na hora de comprar a passagem confira sempre o tempo total da viagem, quantas trocas são necessárias e qual a estação mais próxima ao seu hotel.

Uma dica é aproveitar para conhecer BRUGESDAMMEPARIS AMSTERDAM!

Ao comprar a passagem dê preferência aos trens Intercidades (IC) pois são mais rápidos. De Bruxelas até Paris, por exemplo, leva apenas 1:40h e até Amsterdam 2:40h.

Aeroporto – já se a chegada for pelo aeroporto, prefira o Brussels Airport. É mais perto, fica a apenas 15 minutos de trem da estação Norte e o custo de deslocamento é menor. O trem interligado como o aeroporto custa 8,80€.

Já o aeroporto de Charleroi fica a 45 minutos de ônibus do centro e há menos opções de horário.

As charmosas ruelas do centro histórico de Bruxelas

Roteiro por Bruxelas – dia 01

Para conhecer bem a cidade reserve pelo menos 2 dias. Há museus imperdíveis para visitar, mas atente ao dia da semana pois, às segundas-feiras, a maior parte das atrações fecha.

Grand Place

Um bom ponto de partida para começar a desbravar a cidade. É lá onde ficam a Prefeitura, o museu da Cidade de Bruxelas e outros edifícios históricos com lojas e restaurantes.

A praça ficou famosa por ser considerada a mais bonita da Europa, desde que Vitor Hugo fez a afirmação. Não é à toa que a frase vem sendo repetida há anos por quem a visita.

A harmonia arquitetônica, o destaque dourado nos prédios, as lojas e restaurantes fazem dessa praça o perfeito conjunto da obra!

roteiro por Bruxelasroteiro por Bruxelas

Prefeitura de Bruxelas

A bela construção gótica foi erguida ao longo de muitos anos e apresenta algumas assimetrias.

A torre não está alinhada com a porta central, as janelas são diferentes e, a própria torre, quando olhamos para cima, é levemente girada para um lado. E o mais interessante: só reparamos quando alguém faz a observação.

No caso, o guia do free walking tour. O passeio dura quase 2 horas. Os guias ficam em frente à oficina de turismo da Grand Place, onde começa o tour, e passam pelos principais atrativos turísticos de Bruxelas.

Gostei de fazer o walking tour no primeiro dia pois deu uma noção geral. Depois, com o mapa em mãos, voltei aos museus que queria visitar e àqueles por onde o tour não passou.

Manneken Pis

Saindo da Grand Place pela rue Charles Buls você encontra a estátua. Ninguém sabe ao certo como e porquê surgiu a figura do menino fazendo xixi, mas sua fama fez com que se tornasse um dos símbolos da cidade.

Existe até um museu onde ficam guardadas suas 1.000 roupas temáticas. Em certas épocas do ano, ele é vestido para as festividades como Natal e Páscoa.

roteiro por Bruxelas

Bairro do Sablon

Continuando o roteiro, caminhe em direção às ruínas da antiga muralha da cidade até chegar ao bairro do Sablon, considerado um bairro refinado e classudo de Bruxelas.

Por lá você encontra galerias e antiquários, as melhores marcas de chocolate da Bélgica, cafés e restaurantes.

roteiro por Bruxelas

Para ser mais exata, é na Place du Grand Sablon que você pode experimentar os melhores chocolates e doces da cidade. Praticamente uma loja ao lado da outra!

Não deixe de experimentar um doce ou chocolate em algumas das melhores lojas da cidade: Pierre Marcolini (um sonho!!), Wittamer (são duas, uma doceria/padaria e, alguns metros a frente, na mesma calçada, uma loja só de chocolates, Neuhaus e Godiva. Todas nessa praça.

roteiro Bruxelas

Experimente também a Leonidas e a Biscuterie Dandoy, onde há os tradicionais biscoitos amanteigados e um waffle com a melhor massa que já comi! O waffle que experimentei da Dandoy fica na rue Charles Buls, perto da Grand Place.

roteiro por Bruxelas
Muito, muito bom! A melhor massa de waffle do meu roteiro por Bruxelas

Nenhum roteiro por Bruxelas será completo sem experimentar um bom waffle, então #ficaadica.

Depois das delícias gastronômicas, continue em direção à Igreja de Nossa Senhora do Sablon e à Place du Petit Sablon, quase em frente. A construção da Igreja de Nossa Senhora do Sablon começou no ano 1.400 e durou mais de um século, tendo a participação do arquiteto Jean Van Ruysbroeck, que fez a Prefeitura.

Praça Real e Museu de Belas Artes

Dali siga até a Praça Real/Koningsplein onde ficam os prédios do Museu Real de Belas Artes (que visitei no 2º dia) e a igreja de Saint-Jacques. Essa praça é um ponto de interseção da cidade.

roteiro por Bruxelasroteiro por Bruxelas

Parque Mont des Arts

Para chegar até a Catedral de São Miguel desça lá da Praça Real e passe por esse parque, que permite ter uma vista de Bruxelas do alto. É um ponto onde os turistas se aglomeram pra tentar tirar boas fotos.

roteiro por Bruxelasroteiro por Bruxelas

Catedral de São Miguel e Santa Gúdula

A principal igreja católica de Bruxelas paira linda e imponente sob um pequeno monte com sua enorme fachada gótica.

Sua construção teve início por volta do século XI e durou séculos, sendo uma mescla de vários estilos (românico, gótico, barroco). No interior, é possível visitar a nave central, a cripta e o sítio arqueológico.

roteiro por Bruxelas

Ainda no centro histórico não deixe de observar e visitar as seguintes atrações:

Galeries Saint Hubert

Uma galeria pioneira na Europa, foi inaugurada em 1847. Dividida entre Galeria do Rei,  da Rainha e do Príncipe, é considerada a primeira galeria coberta e possui 100 metros de comprimento cada uma.

A beleza arquitetônica talvez chame mais atenção do que os restaurantes, lojas de chocolates e joalherias localizadas em seu interior.

A verdade é que a gente não sabe se olha para as colunas de mármore, o teto de vidro, os lustres, arcos e janelas…

roteiro Bruxelas roteiro Bruxelas

♦ Onde achar batata frita e cerveja? Essa é uma tarefa fácil em Bruxelas! Há vários bares e restaurantes nas ruas do centro histórico.

Um lugar legal é nas proximidades da Igreja de Maria Madalena. Há um largo com muitas opções para comer batata frita, waffle e tomar boas cervejas belgas. Nesse largo também há um hotel NOVOTEL Bem localizado!

roteiro por Bruxelas roteiro por Bruxelas

Bolsa de Valores

Imperdível também é observar o prédio em estilo neoclássico da Bolsa, datado de 1873. Como em outras ruas do centro histórico, há vários cafés e restaurantes no entorno e você também verá algumas carruagens circulando.

Rue Neuve

Vale caminhar por essa larga rua de pedestres repleta de lojas, cafeterias, restaurantes e cervejarias. No final da rua, perto doa estação Rogier fica o shopping City 2.

roteiro por Bruxelas

♦ Se você está gostou do 1º dia do roteiro Bruxelas confira também nossas dicas de BRUGESDAMMEPARIS AMSTERDAM, cidades que costumam ser visitadas na mesma viagem!

Roteiro por Bruxelas – dia 02

O 2º dia em Bruxelas foi reservado para visitar o Parque, o Palácio e o Parlamento de Bruxelas, além do Átomo e o interior dos Museus porque a previsão dizia que ia chover muito.

O Museu Real de Belas Artes da Bélgica foi uma das minhas atrações favoritas do roteiro por Bruxelas! O acervo do museu é dividido em três partes: Museu Fin de Siècle, Museu Magritte e Museu Old Master. O museu é enorme, são vários andares portanto, separe umas 2 ou 3 horas para conhecer.

Se você gosta de ver um pouco de cada época, esse lugar é o ideal. Tem Rembrant, Van Gogh, Seurrat, Rodin, Magritte e tantos outros artistas que apresentam mais de 7 séculos de história, do século XV ao século XXI.

No Museu Magritte está reunida a maior coleção do mundo do artista surrealista. No final do tour não deixe de passar na lojinha e levar alguma lembrança de Magritte: uma maça, um chapéu ou um cachimbo.

No Museu Fin de Siècle há obras de 1868 a 1914, um verdadeiro passeio pelo impressionismo até a Art Nouveau. Durante esse período Bruxelas foi uma das capitais culturais da Europa, atraindo exibições e movimentos literários e artísticos. O museu proporciona uma viagem por essa época.

Já o Museu Old Masters foi fundado em 1801 por Napoleão Bonaparte e engloba obras de pintores dos séculos XV a XVIII.

Fica localizado na Rue de la Regence nº 3 (na Praça Real) e o ingresso custa 8€ para 1 museu ou e 13€ para os 3 museus.

roteiro por Bruxelas
Imperdível no roteiro por Bruxelas: o Museu de Belas Artes!

roteiro por bruxelas

Parque Real, Palácio e Parlamento

Ali próximo fica o Parque Real de Bruxelas – é o maior parque da cidade, local preferido dos moradores nos finais de semana. Aproveite para cruzar o parque de uma ponta a outra. De um lado está o Palácio Real e de outro, o Parlamento da Bélgica.

O Palácio Real possui visita guiada pelo interior e também um museu, que conta a história da Realeza na Bélgica. A fachada atual remonta a 1900, com inspiração em Louis XVI. Mas desde a Idade Média foram sendo construídos palácios e fortalezas nesse local. Não é a residência oficial da família, mas onde realizam-se todos os atos oficiais.

Todos os anos o palácio abre suas portas, gratuitamente, ao público, durante o verão. Não abre as segundas-feiras.

roteiro por Bruxelas roteiro por Bruxelas roteiro por Bruxelas

Museu do Desenho Animado

A Bélgica também é um país conhecido por seus desenhos animados e personagens que até hoje marcam presença, como Tintin e os Smurfs.

Quem não é fã, pode ao menos conhecer o edifício projetado em Art Nouveau pelo arquiteto Vitor Horta. A Brasserie Horta fica no interior do edifício, que serve pratos típicos da Bélgica. Fica na Rue de Sable nº 20.

roteiro por Bruxelas

Museu dos Instrumentos Musicais

Outro local com arquitetura em Art Nouveau é o Museu dos Instrumentos Musicais. O acervo é composto por mais de 1200 instrumentos das mais variadas épocas.

No terraço do museu há um bistrô com uma linda vista da cidade. Fica na rue Montagne de la Cour nº 2 e o ingresso custa 10€.

roteiro por Bruxelas
Prédio do Museu dos Instrumentos Musicais em Art Nouveau – roteiro por Bruxelas

roteiro por Bruxelas roteiro por Bruxelas

Átomo de Bruxelas

Outro símbolo de Bruxelas, as 9 bolas de aço aumentadas 165 bilhões de vezes representam um átomo, com 102 metros de altura e esferas que medem até 18 de diâmetro.

É possível visitar o interior do átomo, indo de uma bola a outra, pelas escadas. Construído para a Feira Mundial de 1958, estava destinado a ser desmontado mas, assim como a Torre Eiffel, o público gostou tanto que decidiram manter o átomo como uma relíquia dos anos 50.

Essa é a atração mais distante e vale combinar com o Parque Mini-Europa. Para chegar, pegue o metrô até a estação Heysel e o átomo estará logo ali.

Essa foi a única atração que faltou visitar do roteiro por Bruxelas porque a chuva prevista veio com tudo!

Outras dicas para o Roteiro por Bruxelas

Os produtos mais típicos da Bélgica são o chocolate, a cerveja, as rendas, os biscoitos amanteigados e a tapeçaria. É fácil encontrar, e quanto mais afastado da Grand Place, melhor o preço.

O Brussels Card é uma opção para economizar, mas depende de seu interesse em visitar as atrações.

Gostou do roteiro por Bruxelas? Confira também as dicas de BRUGES, DAMME, PARIS e AMSTERDAM, cidades que costumam ser visitadas na mesma viagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *