Salem, 1 dia na cidade das bruxas

Não só de bruxas vive a cidade de Salem. A pequena cidade costeira do estado de Massachusetts é parada obrigatória para quem está percorrendo o litoral da Nova Inglaterra. Há uma hora de Boston e a quarenta minutos de Newburyport, a cidade tem muito mais para mostrar do que apenas bruxas, vassouras e gatos pretos.

Perder-se pelas ruas do centro histórico, admirar a bela arquitetura da região, sentar para tomar um café e fazer compras também são atrações imperdíveis da cidade.

Mas quando o assunto é a tal bruxaria, Salem desempenha um papel pedagógico. Os museus e atrações da cidade buscam conscientizar moradores e turistas de como um julgamento precipitado e autoritário, baseado em falsos testemunhos e ausência de provas, pode se transformar numa tragédia sem precedentes.

O episódio das bruxas de Salem. No ano de 1692 duas meninas apresentaram comportamentos agressivos e estranhos. Médicos e pastores  foram examiná-las e, sem respostas científicas, acusaram três mulheres de bruxaria.

A história se espalhou, ganhando proporções ainda maiores. O episódio da “caça às bruxas” resultou em um julgamento injusto baseado em histeria, preconceito e fanatismo. Ensejou a morte de 20 inocentes por enforcamento e tantas outras na prisão.

Tempos depois, chegou-se à conclusão de que o estranho comportamento das meninas teria sido provocado pela contaminação por um fungo alucinógeno.

O que fazer em Salem

Como uma típica cidade da região da Nova Inglaterra, Salem também se destaca pela arquitetura das casas, em estilo colonial e federal e por ser uma cidade costeira, onde o porto é considerado um Local Histórico Nacional. 

Não deixe de passear pelos distritos históricos de Chestnut Street District, onde existem mais de 400 prédios com essa arquitetura.

Para percorrer os principais pontos turísticos relacionados à história das bruxas de Salem, siga a trilha vermelha no chão, que começa no centro de informações turísticas. Achei bem fácil caminhar pela cidade seguindo essa trilha.

Alguns museus têm um clima de Halloween durante todo o ano, criando clima de suspense, com direito a gato preto, caldeirão e vassouras para atrair turistas. Cuidado para não cair em nenhuma atração pega-turista. Existem muitas.

Quando montei meu roteiro de 1 dia em Salem, escolhi as atrações mais históricas e menos apelativas.

The Witch House

Essa é a única casa de Salem com vínculos diretos com os julgamentos de 1692. Por aí, você percebe que muitas outras atrações são apenas reproduções e repetições da mesma história. 😉

Bem, em 1675 Jonathan Corwin herdou uma das maiores fortunas da Nova Inglaterra e comprou essa casa em Salem. Anos mais tarde, viria a participar como juiz da maior caça as bruxas da história dos Estados Unidos.

Corwin era uma figura importante na cidade, um comerciante que exportava bacalhau e madeira para a Europa, possuía embarcações e plantações. Foi escolhido como magistrado do caso e acabou decidindo pela morte de 20 pessoas inocentes, no trágico episódio de 1692.

O tour por essa casa do século 17 busca entender o contexto em que ele e sua família viviam e no que acreditavam.

 

Ingresso: US$ 8,25

Endereço: 310 Essex Street, esquina com North Street

Mansão Ropes e Primeira Igreja de Salem

Na mesma rua, algumas quadras depois da Witch House, ficam a Ropes Mansion e a primeira igreja fundada em Salem, em 1629, a Igreja Unitária.

A casa construída em 1727 pertenceu por 4 gerações à mesma família, incluindo os móveis e objetos. Inteiramente reformada e sob manutenção do Peabody Essex Museum, a casa está aberta à visitação desde 2015.

Se estiver apenas de passagem por Salem (assim como eu) deixe para visitar casas de época em cidades como Newport, Newburyport ou Portsmouth.

Endereço: 318 Essex Street

A linha vermelha pintada no chão também nos leva até o primeiro cemitério de Salem, datado de 1637, onde estão enterrados os acusados e mortos no julgamento do caso de bruxaria. O local é conhecido como The Burying Point.

Witch History Museum 

O museu reconta a história de caça as bruxas e como a histeria envolveu não apenas a cidade de Salem, mas todas as 34 cidades e aldeias do condado de Essex. Com um acervo que recria personagens e ambientes, faz o visitante se sentir no sombrio momento vivido no século 17 na cidade.

Não confundir com o Salem Witch Museum, que possui a mesma temática.

Ingresso: US$ 10,00

Endereço: 197 Essex Street

Peabody Essex Museum

Museu criado em 1799 por comerciantes de Salem, abriga um enorme acervo colecionado ao longo de suas viagens pelo mundo. Considerado um dos maiores museus da região da Nova Inglaterra e o mais antigo do país em funcionamento.

O acervo inclui quase 2 milhões de objetos, dentre a famosa Yin Yu Tang, uma casa de 200 anos que foi transportada da China até os Estados Unidos. A casa possui 16 quartos e retrata o modo de vida e a cultura de uma família chinesa do século XVIII.

O Peabody Essex Museu também é responsável pela restauração e manutenção de outras 22 casas históricas.

Ingresso: US$ 20,00 + 6,00 para o tour pela casa chinesa

Endereço: 161 Essex Street

A Feiticeira

A Feiticeira foi uma das mini-séries mais famosas dos Estados Unidos (1964 a 1972) e a “bruxinha do bem” ganhou uma estátua em Salem.

Phillips House

Única casa aberta a visitação, a Philips House fica localizada na famosa rua Chestnut, uma das ruas mais bonitas do país. O tour pela casa conta a história da família Phillips e é uma aula de arquitetura em estilo federal, além de possui muitos objetos trazidos de diferentes partes do mundo (China,Havaí, Polinésia).

Ingresso: US$ 8,00

Endereço: 34 Chestnut street

The House of the Seven Gables

A casa construída em 1668 serviu de inspiração, séculos depois, para Nathaniel Hawthrone escrever o romance The House of the Seven Gables (1851). Embora os proprietários da casa não tenham envolvimento com a caça às bruxas, o autor inseriu elementos de bruxaria ao romance.

A primeira casa construída no porto de Salem foi elencada na lista de Monumentos Históricos Nacionais. Nela é possível observar quase 4 séculos de arquitetura, decoração e o modo de vida dos moradores dessa importante cidade portuária da Nova Inglaterra.

Ingresso: US$ 15,00

Endereço: 115 Derby Street

Cartomantes, videntes, tarô… você também pode encontrar esses serviços em algumas lojas da cidade, que vendem produtos “bruxólicos”.

Confesso que não curto histórias de bruxas e Halloween então a maioria das atrações não me empolgou. Lembrando o que falei no início do post: cuidado com atrações pega-turista.

Acho que a história da caça às bruxas ficou muito comercial. A verdadeira essência de Salem é mostrar justamente o contrário, que as mulheres não eram bruxas e foram acusadas injustamente. Tudo o que aconteceu foi uma grande e trágica injustiça.

Para quem gosta de Halloween

Durante todo o mês de outubro acontecem na cidade os Acontecimentos Assombrados de Salem, uma espécie de Halloween antecipado. A programação completa pode ser encontrada no site da cidade.

 

Vai viajar para a região da Nova Inglaterra? Faça a RESERVA DO SEU CARRO e o SEU SEGURO VIAGEM e viaje tranquilo.

Talvez você goste de ler outros posts sobre a região da Nova Inglaterra:

ROTEIRO PELA NOVA INGLATERRA

HOSPEDAGEM EM NEWBURYPORT

O QUE FAZER EM NEWBURYPORT

O QUE FAZER EM pOTSMMOUTH: ROTEIRO DE 1 DIA

MELHORES ATRAÇÕES EM BOSTON

NEWPORT, RHODE ISLAND

PORTLAND

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *