Como emitir o Certificado Nacional de Vacinação COVID-19

Com o avanço gradual da vacinação no Brasil, muitas pessoas voltaram a planejar viagens internacionais. Porém, antes de comprar a passagem, é fundamental saber se o país de destino permite a entrada de brasileiros (e se o fabricante da vacina é aceito). Nesse post vamos explicar como emitir o Certificado Nacional de Vacinação COVID-19.

Muitos países estão reabrindo as fronteiras para os brasileiros, mas alguns impõem quarentena  ou restrições quanto ao fabricante da vacina — a Alemanha, por exemplo, não aceita a entrada de brasileiros vacinados com Coronavac.

Isso se deve ao fato de a União Européia não ter aprovado as vacinas Coronavac e Sputnik, seja em razão da origem ou do fabricante. Apenas as vacinas da Astrazeneca, Moderna, Pfizer e Janssen estão aprovadas pelas agências europeias.

como emitir o Certificado Nacional de Vacinação COVID-19

É importante ressaltar que o Certificado Nacional de Vacinação é específico para a atual campanha de Vacinação contra o Coronavírus. Portanto, difere do Certificado Internacional de Vacinação emitido pela Anvisa (para febre amarela, meningite e poliomelite ) ― sobre o qual falamos em Como emitir o Certificado Internacional de Vacinação.

Como ainda não existe um “documento internacional” sugerido pela OMS, para comprovar a vacinação, os países aceitam o Certificado emitido pelo Brasil.

Mas é muito importante verificar no site da Embaixada de cada país quais são as restrições de viagem para os brasileiros. Assim, Portugal, Espanha, França, Canadá e vários outros países aceitam a entrada de brasileiros, mas cada um apresenta um requisito específico para a entrada.

Como emitir o Certificado Nacional de Vacinação COVID-19

É bem rápido e simples obter o Certificado Nacional de Vacinação. É preciso:

1-acessar o site conectesus.saude.gov.br ou baixar o aplicativo Conecte SUS no celular.

2- realizar um cadastro para visualizar se as informações estão corretas (data, lote, tipo de vacina).

3- clicar em “vacinas” e, depois, em “emitir o certificado”.

O certificado de vacinação só pode ser obtido por quem já completou as duas doses da vacinação ou a dose única, no caso da Janssen, e pode ser emitido em português, inglês e espanhol. Para escolher o idioma, selecione a bandeira do país.

Por fim, recomendo acessar o site do Ministério das Relações Exteriores do Brasil e o site da Embaixada de cada país para conferir as restrições específicas de viagem, que podem incluir:

1- teste PCR com resultado negativo feito até 72 horas antes do embarque;

2- declaração eletrônica afirmando não apresentar sintomas relacionados à COVID;

3- formulário eletrônico a ser preenchido no site de cada governo, com informações sobre sintomas, vacinas, viagens anteriores, etc.

Vale lembrar, ainda, que mesmo que você esteja com as duas doses da vacina contra a COVID-19 em dia, os países possuem soberania para impor exigências aos brasileiros.

Portanto, a não apresentação de qualquer dos documentos acima, autoriza a exigência de:

1- Teste PCR, na chegada;

2- Quarentena de 10 a 15 dias em hotel indicado pelo governo, com custos por conta do viajante.

Gostou da dica de como emitir o Certificado de Vacinação para viajar?

Cá pra nós, não seria nada agradável ser barrado na imigração de um país por falta de observância dos requisitos. E muito menos ser obrigado a fazer quarentena em um hotel do governo, como exige o Reino Unido— afinal, ficar 15 dias trancado em um quarto de hotel, pagando em Pounds não é nada atrativo.

Então, planeje-se com antecedência e tenha certeza de que cumpre todos os requisitos para a entrada no país.

Se você gostou das explicações sobre como emitir o Certificado Nacional de Vacinação COVID-19, você também pode procurar nossas dicas de como obter nacionalidade portuguesa, como tirar passaporte, e diversos outros assuntos burocráticos aqui no site.

como emitir o Certificado Nacional de Vacinação COVID-19
No site Conectsus você pode como emitir o Certificado Nacional de Vacinação COVID-19. Imagem meramente ilustrativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *