Bate e volta a partir de Londres: Bath e Stonehenge

É verdade que Londres é uma cidade grande e cheia de atrações, mas se você já explorou bastante a capital e tem vontade de conhecer outros lugares incríveis, basta acrescentar alguns dias ao seu roteiro. Nesse post conto como foi o passeio para Bath e Stonehenge,um bate e volta a partir de Londres, que durou um dia inteiro.

Vale conhecer as duas no mesmo dia já que além de serem próximas, Stonehenge é uma visita relativamente rápida e Bath é uma cidade pequena que dá pra ser percorrida em algumas horas.

Partindo de Londres em excursão ou por conta própria, o trajeto de 180 Km até Bath é percorrido em 2:15h. Já se quiser ir direto para Stonehenge, o trajeto dura 1:45h. Entre uma e outra, mais 1:00 hora de estrada.

Realizei o Bath e Stonehenge Tour a convite do Visit Britain com a empresa Evan Evan’s, uma das mais antigas e bem avaliadas empresas de Londres.

Tudo é de primeira qualidade: os ônibus panorâmicos super novos e climatizados, a organização britânica impecável e a preocupação com o horário, sempre enfatizada. O guia foi bastante profissional e tinha a dicção perfeita. Dava pra ouvir cada letra que ele pronunciava.

Quem já participou de excursões em outro idioma sabe como é importante uma pronúncia boa para os turistas entenderem.

O ônibus partiu pontualmente às 9 horas do Terminal Victoria Coach Station e seguiu primeiro para Bath, onde ficamos por 3 horas e, depois, para Stonehenge.

Bath

Chegamos a Bath por volta do meio-dia e tivemos 3 horas para explorar a cidade e almoçar, antes de seguir para Stonehenge. É bem fácil e rápido de percorrer os principais pontos turísticos a pé.

Bath é famosa por suas águas termais, mas também pela arquitetura, parques e jardins que ajudam a dar um ar elegante e sofisticado à cidade declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Desde a descoberta da única fonte de água termal de toda a Grã Bretanha, pelos romanos, Bath funcionou como cidade spa, tendo sido revitalizada no século XVIII, com um boom de novas construções.

Sem dúvida, a principal atração de Bath são os banhos romanos, onde além das ruínas do Templo e da Casa de Banho, ainda é possível ver a água termal saindo diretamente da fonte, quente e borbulhando e até mesmo provar a água mineral.

A água termal é aquecida a 2 km de profundidade por rochas de alta temperatura, atingindo a temperatura ideal de 33,5º C e possui mais de 42 tipos diferentes de minerais.

No local há um museu que conta em detalhes a história local através de objetos, filmes e personagens que recriam a atmosfera da sociedade romana. No interior do prédio, que está metros abaixo do nível da rua principal, há várias passagens para o que foram as saunas, a piscina interna e o museu.

Além das termas romanas, não deixe de visitar a Abadia de Bath, com seus mais de 1200 anos e andar pelas ruas da cidade observando a arquitetura.

The Circus – uma praça redonda em torno da qual foram construídas 33 casas com material de calcário amarelado. Inspirada no Coliseu, de qualquer ângulo que se olhe é possível ver a curvatura arredondada. A vista aérea é ainda mais interessante.

O Royal Crescent, que segue a mesma ideia da praça anterior. São 30 casas formando um semi-círculo, de frente para o Victoria Park. A casa nº1 da Royal Crescent foi a primeira a ser construída em 1767 e para celebrar os 250 anos da arquitetura Georgiana, a cidade está organizando vários eventos.

Interessante observar que a maioria dos prédios em Bath foi construída com pedras de calcário de cor amarelada, que caracterizam a arquitetura da cidade. Como o material oxida com o tempo, as fachadas são limpas uma vez por ano para preservar a beleza da cidade.

Stonehenge

Depois de Bath, o tour seguiu por mais 1 hora até Salisbury, cidade onde fica localizado o monumento.

E de repente eu estava ali, diante de Stonehenge, o mais famoso e misterioso monumento da pré-História. A gente se sente pequenininho diante desses milhares de anos e da inteligência das pessoas que construíram tudo isso sem as tecnologias e máquinas que temos hoje.

Um lugar intrigante para cientistas e estudiosos, que se debruçam para tentar entender como e porque esses imensos blocos de pedras foram colocados ali. A estrutura circular de pedras foi construída há 4.500 anos e existem várias lendas e mitos sobre o porquê de sua existência.

A teoria mais aceita para explicar essas pedras de 5 metros de altura está relacionada a uma espécie de calendário solar e lunar, para ajudar na agricultura. Também pode ter sido um cemitério ou um local de adoração religiosa.

No caminho entre Bath e Stonehenge, o guia disponibiliza um mapa aéreo de Stonehenge com 12 pontos demarcados por estudiosos e um áudio-guia que explica em detalhes tudo o que se sabe sobre o monumento. A narração é muito interessante e só faz aumentar a curiosidade e a vontade de ver Stonehenge com nossos próprios olhos.

Gostei do método porque o tempo no ônibus passou mais rápido e não precisamos pegar o áudio-guia ao chegar a Stonehenge.

Acesse UK Tours para mais informações sobre passeios pela Inglaterra realizados com Evan Evans Tours.

Principais pontos de Stonehenge: 1 – Stonehenge Avenue, 2- alinhamento do solstício, 3- pedra do calcanhar, 4- marcador de pedra, 5-pedra de matança, 6- pedras da estação, 7- marcadores de pedras da estação, 8- pedras sarsen, 9- pedras azuis, 10- 11- 12 banco e vala.

No dia mais longo do ano (21 de junho) Stonehenge atrai milhares de turistas que acreditam em uma espécie de energia mágica do lugar e celebram o solstício de verão.

A área do Centro de Visitantes de Stonehenge está em obras para aumentar o conforto e a capacidade das visitas. Lá os turistas encontram restaurante, lojinha, banheiros, estacionamento, bilheteria e áudio guia disponíveis.

Todos os ônibus e carros devem estacionar nessa área e, dali, pegar um micro-ônibus da própria atração até o monumento, em um trajeto que leva menos de 5 minutos.

Mais ideias de bate e volta a partir de Londres?

Além desse bate e volta a partir de Londres também visitei a cidade de Windsor e o castelo há mais tempo habitado da Europa. Confira aqui como fazer o passeio para Windsor de graça!

 

E não deixe de conferir a nossa série de posts sobre a Inglaterra e Escócia:

Roteiro de 12 dias pela Grã Bretanha

Londres: 3 dias na terra da Rainha

9 dicas do que fazer em uma segunda viagem a Londres

Bath e Stonehenge – bate e volta a partir de Londres

Dicas de hotéis em LondresGood Hotel London e Ibis Kensignton

O que fazer em York

Onde ficar em York: dica de hotel 4 estrelas

Edimburgo: o que fazer na capital da Escócia em 3 dias

Tour para Highlands e Lago Ness

Hotel em Edimburgo: conheça o Capital Hotel

 

One comment on “Bate e volta a partir de Londres: Bath e Stonehenge

  1. Emocionante o tour a essas cidades milenares (?!) “Andar com os romanos” nas termas e nas suas vielas, vivenciar o ambiente de 4.500 anos (!) dos nossos misteriosos antepassados de Stonehenge … Espetacular . Valem as belas fotos pra nos consolar. Muito show !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *