Dica de hospedagem em Londres: Good Hotel!

Uma cidade cosmopolita como Londres precisa ser visitada várias vezes ao longo da vida. A lista de atrações para conhecer é enorme e sempre vai haver um motivo para voltar. Seja um musical, um restaurante ou a reforma do Big Ben. Em agosto viajei pela Inglaterra e Escócia e, claro, não podia deixar de revisitar Londres.

Nesse post conto como foi minha experiência no Good Hotel London, um hotel moderno e descontraído, localizado no histórico Royal Victoria Docks, a apenas alguns passos do metrô. E como o próprio nome diz, a hospedagem só podia ser muito, muito boa!

Good Hotel London - foto diivulgação

Good Hotel London

A história do Good Hotel é interessante pois existe todo um conceito envolvido em sua criação – não apenas arquitetônico, mas social.

Instalado sobre uma plataforma flutuante à beira do rio Tâmisa e com uma decoração industrial daquelas que dá vontade de reformar a casa toda na volta da viagem, o Good Hotel também se destaca pela preocupação com causas sociais. E eu simplesmente adorei saber disso!

O Good Hotel ajuda instituições de caridade locais e se preocupa em usar materiais e mão de obra também locais. Além disso, a cada noite reservada diretamente no site do Good Hotel você ajuda uma criança carente da Guatemala (são doados 5£ por noite).

Isso é fantástico. Imaginem se todas as empresas tivessem esse tipo de atitude? Como eu já fiz trabalho voluntário e já me engajei em causas socais e ambientais, simplesmente adorei saber que eu estava contribuindo de alguma forma para a causa.

Good Hotel London - foto diivulgação

Localização e transporte

A região das docas, ou Royal Victoria Docks, é uma área totalmente revitalizada e modernizada no sudeste de Londres. Além de vários edifícios residenciais, há muitos hotéis no entorno em razão da proximidade com o aeroporto.

Lá também fica a estação de gôndola da Emirates Airlines, que liga o leste da cidade a Greenwich, onde fica o famoso meridiano que divide o mundo em ocidente e oriente, passeio imperdível em Londres! A estação fica colada no hotel.

Outras atrações próximas são a Torre de Londres e a London Bridge, a algumas estações do hotel.

Transporte: a região é facilmente acessada pelo DLR, trem de superfície (estação Royal Victoria Docks) com ligação para todas as linhas de metrô e pelo Cable Car da Emirates Airlines, que leva ao outro lado do rio, de onde partem os ônibus para Greenwich.

Good Hotel London - foto diivulgação

Repare na foto tirada da gôndola, o Good Hotel às margens do Tâmisa.

Entrada e recepção

Logo que cheguei e vi o hotel, já gostei: bonito, moderno e diferente – nunca tinha ficado hospedada em uma plataforma flutuante.

Seguindo o conceito do design industrial, a recepção fica localizada em um grande espaço aberto e interligado, o living room, onde há mesas, cadeiras, sofás e o bar do hotel. Interessante como esse conceito gera uma sensação de integração e acolhimento.

Cheguei ao hotel por volta das 19:00 hs e, no balcão, o check-in foi rápido, fácil e a funcionária muito atenciosa.

Good Hotel London - foto diivulgação

Quartos

Fiquei hospedada em um quarto deluxe de 13 m² com vista para o Tâmisa. A cama king size muito confortável, a roupa de cama super limpa e cheirosa e, como os móveis são feitos de madeira, o ambiente fica ainda mais acolhedor.

Quando cheguei no quarto tinha uma carta de boas vindas com uma bonequinha feita à mão na Guatemala (segundo a lenda, ao contar seus problemas para a boneca, ela leva sua preocupação embora enquanto você dorme). Detalhes que fazem a diferença.

Good Hotel London - foto diivulgação Good Hotel London - foto diivulgação

O quarto possui mesa para trabalho, cofre, secador de cabelo, cafeteira e, o invés do telefone tradicional, um smartphone à disposição do hóspede, com a possibilidade de fazer chamadas locais e internacionais ilimitadas e acesso à internet para usar durante a estadia na cidade (e pela cidade).

Como não conhecia essa novidade, fui pesquisar e descobri que o Handy trabalha com grandes marcas hoteleiras pelo mundo, para oferecer aos hóspedes todos os serviços na palma das mãos. O hóspede pode fazer quantas ligações quiser, pode sair com o aparelho e basta deixar no quarto no dia do check out. Muito prático e evoluído!

O banheiro privativo possui amenities variadas e de qualidade, além de secador de cabelo e toalhas brancas e bem macias.

Para quem preferir, existe uma opção mais luxuosa e espaçosa, o Corner room. 30m² de puro conforto e design industrial.

Good Hotel London - foto diivulgação

Como contei no início do post, a cada noite reservada diretamente pelo site do Good Hotel London 5£ são doados para ajudar crianças carentes na Guatemala. Mas se preferir, também pode reservar diretamente pelo Booking.com.

Café da manhã, restaurante e rooftop

O local que, à noite, funciona como bar se transforma para oferecer o café da manhã, em um ambiente moderno e descontraído.

O café da manhã continental é bastante completo: vários tipos de pães, croissants, frios, frutas, geléias e sucos — e com vista para o rio Tâmisa! Muito bom começar o dia assim. O café é servido das 7 às 11, de segunda à sábado e até as 12 horas no domingo – ótimo para quem está de férias e quer descansar.

O restaurante do hotel tem um menu internacional com opções como tapas, sanduíches e saladas. Funciona para almoço (das 12 às 15 hs) e jantar (17 às 22 hs), ótima opção para quem chega cansado dos passeios. Jantei uma noite no restaurante e recomendo: comida e atendimento nota 10.

No verão, o rooftop é uma das áreas mais requisitadas do hotel e está aberto a hóspedes e não hóspedes. O rooftop possui uma vista incrível  para o Tâmisa, com serviço de bar aberto das 12 as 21 horas.

O hotel ainda oferece recepção 24 horas, serviço de concierge, aluguel de bicicleta e wi-fi por todo o hotel.

Esse review sobre o Good Hotel integra a série: Onde ficar em Londres? e a hospedagem no Good Hotel London faz parte de uma Press Trip pela Inglaterra e Escócia.

Good Hotel London - foto diivulgação

De Amsterdam para Londres

A rede Good Hotel também possui filiais em Amsterdam e Antígua, no Caribe. Aliás, o hotel foi construído em Amsterdam e, de lá, transportado para Londres.

O vídeo da construção e transporte é super interessante!

Garanto que depois de assistir, você vai ficar com ainda mais vontade de se hospedar no Good Hotel de Londres. 😉

One comment on “Dica de hospedagem em Londres: Good Hotel!

  1. O artigo é uma bela crônica ! Que interessante este hotel, construído sobre uma plataforma a oferecer aos hospedes as maravilhas do rio Tamisa ! E que hotel !!! Quanto capricho e zelo pelos clientes ! Não há dúvida de que o Good Hotel é destino certo para quem chega em Londres e quer se sentir prestigiado. Parabéns pela narrativa muito agradável. Pena que o texto acaba …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *