Roteiro pela Grã Bretanha: Inglaterra e Escócia em 12 dias

Paisagens verdinhas com castelos, lagos e fiordes, aliadas a séculos de história, com direito a monumento da Pré História e banhos romanos. Nesse roteiro pela Grã Bretanha, você encontra dicas para uma viagem de 12 dias pela Inglaterra e Escócia: quanto tempo ficar, como circular, quais cidades visitar , o que fazer e onde ficar hospedado em cada uma delas.

Como circular

Nas minhas viagens pela Europa sempre escolhi viajar de trem. É o meio mais prático, rápido e barato para circular. Com um passe em mãos é ainda mais fácil. Não é preciso comprar bilhete, se preocupar em chegar na estacão no horário, nada. É só embarcar no dia e horário que escolher para viajar.

Com o BRITRAIL PASS fiz 5 trechos de trem entre Inglaterra e Escócia. Para terem ideia, o trecho de Edimburgo para Londres foi o mais longo, mas em compensação, o melhor. Foram 4:30 horas em um trem direto, muito confortável e rápido, e com serviço de bordo (almoço e lanche inclusos).

Claro que você também pode viajar de carro, mas considere que além de dirigir na mão inglesa e se preocupar com estacionamento, gasolina e pedágio, as distâncias são longas.

De carro, o trajeto de Londres até York e de York para Edimburgo leva 4 horas, o dobro do tempo do trem!

Quantos dias

Nessa última viagem, fiquei 12 dias. Além de Londres conheci outras 7 cidades. Mas, para ser bem sincera, ainda preciso voltar para conhecer Oxford, Cambridge, Manchester, Glasgow, além da Irlanda e País de Gales. Talvez o ideal mesmo seja reservar 30 dias de férias para conhecer tudo. 😉

Uma ideia de roteiro pela Grã Bretanha é começar a viagem por Londres, esticar até Windsor, Bath e Stonehenge e depois subir até York. De York subir até Edimburgo e, de lá, fazer o passeio até as Highlands e o Lago Ness.

No mapa, marquei as cidades visitadas em rosa e, em azul, destinos que ainda quero conhecer: Oxford, Cambridge, Nottingham e Leeds, na Inglaterra, Glasgow, na Escócia e Belfast, na Irlanda.

Roteiro pela Grã Bretanha – Inglaterra

Londres: 3 a 5 dias

Londres é a principal porta de entrada na Grã Bretanha e acho legal começar a viagem por ela. Como já contei em outros posts aqui no blog, Londres é uma cidade com atrações para todos os bolsos e gostos, e possui uma infinidade de atividades.

Por isso, é interessante reservar de 4 a 5 dias. Se tiver pouco tempo, o mínimo (mínimo mesmo) são 3 dias. E sempre considere mais um dia para a chegada e saída, pois os aeroportos são afastados do Centro.

Aqui você encontra um ROTEIRO DE 3 DIAS completo e também 9 DICAS DO QUE FAZER NA SEGUNDA VEZ EM LONDRES passeios que a maioria dos visitantes não faz na primeira viagem por falta de tempo.

ONDE FICAR: Londres é uma cidade grande, então sempre é preciso utilizar o metrô. Sendo assim, opte por ficar um pouco mais afastado da região central, onde os preços são mais elevados. Kensington é um bairro elegante e sofisticado onde há excelentes opções como o IBIS STYLES KENSINGTON e o HOLIDAY INN.

Outra dica é ficar hospedado na região das Docas. O GOOD HOTEL é moderno e descontraído e fica próximo ao metrô e à gondola da Emirates, que leva para Greenwich.

Aqui você também encontra tudo sobre minha experiência no Good Hotel e no Ibis Kensington.

roteiro pela Grã Bretanha

Windsor: 1 a 2 dia

Windsor foi um bate e volta perfeito a partir de Londres. Levei 1 hora para chegar, fazendo apenas uma troca de trem. E o melhor de tudo? Com o LONDON PASS tanto o transporte como a entrada no Castelo de Windsor saem de graça!

Além do Castelo, que é a principal atração, a cidade é muito agradável para passear. Não deixe de ir até o long walk, e sentar em algum cafés ou restaurante local.

Se você estiver fazendo a viagem com calma e puder dormir 1 dia em Windsor, acho que vale a pena e já é caminho para visitar Stonehenge e Bath.

ONDE FICAR: a cidade é bem compacta e a maior parte dos restaurantes, cafés e lojas fica nos arredores do castelo. Assim, quanto mais próximo, melhor. Separei dicas de hospedagem 4 estrelas localizados na high Street, em frente ao castelo.Esses são hotéis top! Pode ir de olho fechado: CASTLE HOTEL MGALLERY CLARION COLLECTION .

Outras opções de bate e volta a partir de Londres são Oxford e Cambridge, Bath e Stonehenge.

roteiro pela Grã Bretanha

Bath e Stonehenge: 1 a 2 dias

As duas cidades ficam a 1 hora de distância uma da outra. O ideal, se estiver fazendo um roteiro com calma pela Grã Bretanha, é fica hospedado 1 noite em Bath e no dia seguinte fazer o passeio para Stonehenge.

Os dois lugares, de épocas tão distintas têm uma enorme importância e com certeza valem a visita. Enquanto Bath possui a única fonte termal de toda a Grã Bretanha, sendo considerada uma cidade spa desde a época dos romanos que, aliás, criaram os banhos que dão nome à cidade, Stonehenge é o mais intrigante monumento da Pré- história.

Contei tudo sobre o bate e volta a BATH e STONEHENGE, que fiz a partir de Londres aqui. O passeio durou 12 horas e foi ótimo, mas realmente acho que a melhor opção é ficar uma noite em Bath.

ONDE FICAR: o centro de Bath é pequeno e fácil de ser explorado. A melhor localização é próximo aos Banhos Romanos, pois no entorno fica a maior parte das atrações, restaurantes e lojas da cidade.

Não dormi lá, mas pesquisei e sugiro: o HILTON BATH e o FRANCIS HOTEL MGALLERY.

roteiro pela Grã Bretanha

York: 2 dias

York é um must go, como diriam os ingleses. A cidade estrategicamente localizada a meio caminho entre Londres e Edimburgo, é uma parada perfeita para aproveitar a região central da Inglaterra. Eu recomendo 2 dias inteiros na cidade ou 3, caso queira esticar e fazer um bate e volta até Leeds.

Cidade agradável e cheia de atrações, York possui ruas exclusivas para pedestres, como The Shambles, a mais bem preservada rua medieval da Grã Bretanha. Também possui a maior catedral gótica do norte da Europa e é a mais extensa cidade amuralhada da Inglaterra.

Para completar, York foi ocupada por romanos e por vikings, possuindo atrações que passam por séculos de história. Para saber mais: York, onde ficar e o que fazer.

ONDE FICAR: como a cidade é pequena e pode ser facilmente percorrida a pé, qualquer hotel no centro atende bem. Fiquei hospedada no NOVOTEL YORK e super recomendo a hospedagem lá. O hotel é bem localizado e prima pela qualidade: quartos confortáveis, café da manhã delicioso e atendimento impecável.

Você pode ler o review sobre o Novotel York nesse post.

roteiro pela Grã Bretanha

Roteiro pela Grã Bretanha – Escócia

Edimburgo: 2 a 3 dias

Edimburgo é uma cidade apaixonante. Não sei explicar se foi a paisagem da cidade, o clima ameno do verão escocês ou a alegria da multidão de turistas no Festival de Edimburgo que mais me cativou. Só sei que pretendo voltar a Edimburgo algum dia.

As principais atrações estão concentradas em Old Town, a parte mais antiga da cidade. Lá estão o Castelo de Edimburgo, o Palácio de Holyroodhouse, a Royal Mile, uma rua super estilosa cheia de restaurantes, pubs e dezenas de lojinhas de cashemere.

ONDE FICAR: me hospedei no CAPITAL HOTEL, um hotel 3 estrelas um pouco afastado do Centro (isso porque durante o Festival a cidade lota e pode ser difícil encontrar boas opções de hospedagem no centro). O hotel é ótimo e super recomendo a hospedagem nesse REVIEW.

roteiro pela Grã Bretanha

Higlands e Lago Ness: 1 a 3 dias

Bem, depois de visitar Edimburgo foi a vez de conhecer as Highlands da Escócia e o Lago Ness. Essa região é uma das mais bonitas e vale a pena incluir no roteiro pela Grã Bretanha.

Para conhecer as Highlands você pode optar entre fazer o passeio de 1 dia saindo de Edimburgo ou pode preferir passar 2 dias por lá e ver com muito mais calma as belas paisagens da Escócia. Eu fiz o passeio de 1 dia e foi ótimo, mas realmente acho que o ideal é dormir em Inverness.

Leia tudo sobre o Tour de 1 dia para HIGHLANDS E LAGO NESS aqui.

roteiro pela Grã Bretanha

O blog Na Dúvida Embarque viajou para a Inglaterra e Escócia a convite do Visit Britain no mês de agosto de 2017.

Dicas Finais para um Roteiro pela Grã Bretanha

Anota essas dicas para seu roteiro pela Grã Bretanha ser perfeito:

Tente conciliar a sua viagem para a Escócia com o Festival de Edimburgo (agosto- setembro). É a época mais animada da cidade;

♦ Confira os Festivais que acontecem em York. Há vários ao longo do ano, sendo que o mais importante acontece no mês de fevereiro, o Jorvick Viking Festival.

♦ Em Londres, compre o Oyster Card e o London Pass. Eles barateiam o transporte (que é bem caro) e atrações (a maior parte fica de graça).

♦ Para ir e voltar de Windsor utilize seu London Pass. Tanto o transporte de trem como a entrada no Castelo são gratuitas.

♦ York e Edimburgo também têm passes para as atrações.

 ♦ Tem vídeo no ar sobre a viagem! Confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *