Cruzeiro Caribe – Charlotte Amalie, St. Thomas

Depois de conhecer Nassau, nas Bahamas, foi a vez de desembarcar em Charlotte Amalie, capital de St. Thomas, antes de navegar rumo à acolhedora Philipsburg, em St. Maarten.

A ilha de St. Thomas, juntamente com St. John e St. Croix formam as Ilhas Virgens Americanas — vizinhas das irmãs britânicas — território dos Estados Unidos e, portanto, país não independente. Muito embora, juridicamente, a ilha seja ligada aos Estados Unidos, pouca coisa (além das compras, claro!) lembra aquele país em Charlotte Amalie, que, antes de passar às mãos dos americanos, foi colônia dinamarquesa.

Embora o navegador Cristóvão Colombo tenha avistado as ilhas, elas ficaram 150 anos sem qualquer exploração, até que a Dinamarca dominou o território e manteve plantações de cana de açúcar com escravos trazidos da África. A população originária, de índios Arawak, desapareceu rapidamente. Já em 1848, com a abolição da escravidão, os fazendeiros começaram a abandonar as terras e o local foi perdendo importância, até que em 1917 os Estados Unidos compraram as ilhas da Dinamarca. Não por acaso, há um moinho no porto como lembrança da antiga colonização.

moinho Charlotte Amalie St. thomas Na dúvida embarque

O que ver em Charlotte Amalie

A chegada de navio no porto de Charlotte Amalie garante vistas deslumbrantes e deixa claro por que os Estados Unidos têm interesse em manter um ponto na região caribenha. A vista que tivemos logo cedo, ao tomar o café da manhã, explica.

Charlotte Amalie St. Thomas Caribe cruzeiro na Royal Caribbean Na dúvida embarque

A chegada de nosso navio foi pelo Crown Bay Cruise Ship Dock, onde fica localizado o Crown Bay Center, uma área comercial onde os turistas podem encontrar todo tipo de souvenir em barraquinhas, além de muitas lojas de grife (espalhadas também pelo Centro), que vendem desde bolsas e perfumes até charutos, bebidas e jóias luxuosas.

port of charlotte amalie St Thomas Ilhas virgens americanas Na dúvida embarque

Além desse porto, há outro, o Cruise Ship Dock, que também serve de marina para muitas embarcações, e na qual fica o Havensight Shopping Mall. Além desse, bem pertinho fica mais um shopping, o Yatch Haven Grande, só com lojas de marca como Louis Vuitton, Gucci e Bulgari. Já deu pra perceber que o foco dos turistas americanos, no Caribe, são as compras, né?! Afinal, em território americano não podia ser diferente…

Charlotte Amalie St Thomas Ilhas Virgens Americanas Na dúvida embarque

Charlotte Amalie St Thomas Ilhas Virgens Americanas Na dúvida embarque

Famosa por possuir lindas praias e aquele mar azul-turquesa típico do Caribe, a região atrai milhões de visitantes todos os anos, especialmente no inverno (que vai de dezembro a abril), quando a temporada de furacões ainda não começou. Claro que o melhor e imperdível atrativo por lá são as praias. então, vamos a elas.

Entre as melhores praias, estão Magens Bay, Coki Beach, Lindquist e Emerald Beach. Escolhemos a praia de Magens Bay, que já foi considerada uma das mais bonitas do mundo, localizada dentro de uma reserva ecológica protegida por lei. A praia tem facilidades como banheiros, chuveiros, restaurante e aluguel de cadeiras.

Para entrar, paga-se uma taxa de US$ 4,00 por pessoa. Para chegar lá, indo do centro, levamos 15 minutos de táxi, ao custo de US$ 8,00 por passageiro.

Magens Bay beach Charlotte Amalie St. Thomas Ilhas Virgens Americanas Na dúvida embarque

Magens Bay beach Charlotte Amalie St. Thomas Ilhas Virgens Americanas Na dúvida embarque

Uma observação importante para quem está em busca de fotos espetaculares é que, nessa praia, a água não tem aquela cor azul-turquesa típica do Caribe, e que pode ser encontrado em outras praias, como Coki Beach ou Lindquist. Já para quem estiver no navio e quiser apenas dar uma voltinha na praia mais próxima, o ideal é escolher a Emerald beach.

Mesmo para quem está chegando em um navio de cruzeiro (e com pouco tempo) é interessante conhecer o centro da cidade, que é bem pequeno (mesmo!) e possui poucas ruas para os turistas passearem. É literalmente dar uma voltinha! Passeie observando a arquitetura local e tentando captar a essência do lugar, que é uma rica mescla cultural (em uma ilha caribenha colonizada por Europeus e comprada pelos Estados Unidos), sem deixar de aproveitar para almoçar em um de seus restaurantes, ou pelo menos tomar uma cerveja local ao som do reggae em um dos vários quiosques.

Do porto de Charlotte Amalie até o Centro demora quase uma hora caminhando. Vale a pena pegar um táxi, pois o caminho a pé não é tão interessante e o mais extraordinário que você encontrará serão alguns galos e galinhas ciscando pelas ruas da cidade! Juro! Havia vários, inclusive em frente a um dos principais atrativos da cidade, o Forte Christian, construído em 1671. Aproveite os táxis (coletivos) que estão a espera no porto.

port of charlotte amalie St Thomas Ilhas virgens americanas Na dúvida embarque

Fort Christian Charlotte Amalie St. Thomas Na dúvida embarque

Nas ruas do pequeno centro de Charlotte Amalie, o número de joalherias salta aos olhos, todas tax free, ou seja, livre de impostos. Literalmente, uma ao lado da outra! Para quem chega de navio há indicação aos passageiros de quais são as lojas mais confiáveis, para que não haja risco de comprar produtos falsos ou com preços abusivos. Além de jóias, charutos e bebidas são os produtos mais turísticos da cidade, como em outras ilhas do Caribe. As jóias são uma boa idéia para quem está pensando em ficar noivo, renovar votos de casamento ou apenas presentear uma pessoa especial.

Charlotte Amalie St Thomas Ilhas Virgens Americanas Na dúvida embarque

Charlotte Amalie St Thomas Ilhas Virgens Americanas Na dúvida embarque

Charlotte Amalie St Thomas Ilhas Virgens Americanas Na dúvida embarque

Assim como mencionamos nos posts de Nassau e Philipsburg, é importante estar atento aos alertas da OMS (Organização Mundial da Saúde) sobre a epidemia de Zika vírus em toda a região do Caribe, bem como sobre a necessidade de vacinação contra a febre amarela para alguns desses destinos. 

Conhecer St. Thomas foi realmente uma oportunidade única, já que dificilmente eu teria ido a qualquer desses países do Caribe se não fosse o fato de o navio atracar em seus portos. Não por falta de interesse, mas simplesmente por questões práticas. Aliás, esse é um dos motivos pelos quais um cruzeiro é tão interessante: poder conhecer lugares que nunca sonhamos, de uma forma prática e confortável. Não deixe de conferir também nosso post sobre Cruzeiro no Caribe.

Conhecer Charlotte Amalie foi uma rica experiência cultural, embora breve. Além da beleza natural que faz dessa ilha um verdadeiro paraíso, os elementos culturais se destacam imediatamente. Assim que desembarcamos do navio sabemos que chegamos no Caribe. Seja em razão da música, da alegria do povo caribenho ou dos tantos produtos típicos que tornam esse um destino muito especial.

Leia também sobre nossas paradas de cruzeiro em Nassau (Bahamas) e Philipsburg (St. Maarten)

0 comments on “Cruzeiro Caribe – Charlotte Amalie, St. Thomas

2 Pings/Trackbacks for "Cruzeiro Caribe – Charlotte Amalie, St. Thomas"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *