Dicas de outlets nos Estados Unidos

Que os brasileiros adoram os outlets dos Estados Unidos, todos sabem! Somos famosos por deixarmos muita grana na terra do Tio Sam; algo em torno de alguns bilhões por ano. Porém, com o recente aumento da moeda americana (aproximadamente 40% só esse ano), esses gastos no exterior vem caindo bastante. Assim, com a queda de nosso poder aquisitivo, se torna ainda mais importante garimpar e procurar por preços melhores, não é mesmo?! E é aí que entram os outlets.

Mas por que tanto amor pelos outlets?

Além do motivo econômico, porque têm peças de qualidade com preços baratos. É possível encontrar peças interessantes por preços muito em conta. Eu já achei! E não é que estejam com defeito ou rasgadas: apenas querem se desfazer das roupas porque sempre têm mais peças novas chegando, e aquelas à venda são de coleções passadas.

O consumo nos Estado Unidos tem uma lógica bem diferente daqui do Brasil e é difícil entendermos como podem vender peças de roupa tão baratas e ainda terem lucro. Na verdade, esses preços com desconto ainda podem ter mais desconto, de 10 a 20% sobre o preço final, se você tiver o cupom de desconto da loja.

Em primeiro lugar, é importante escolher bem o Outlet porque existem diferenças substanciais entre eles (mesmo sendo da mesma rede) não só em termos de quantidades de lojas mas também de preço. Já vi a mesma peça pela metade do preço em um Outlet da mesma rede, só porque mudei de cidade!

Assim, você tem que decidir qual a rede de outlets que mais te agrada. Normalmente escolho o Premium Outlet porque tem todas as marcas de que eu gosto e a estrutura deles é muito boa, além de estarem espalhado pelos Estados Unidos — e recentemente compraram a rede Prime Outlet, expandindo ainda mais. Existe também a rede Tanger Factory Outlet, e alguns outlets que não são da rede como o Citadel em Los Angeles.

woodburry premium outlets

Assim, por exemplo, se fizer a viagem da costa da Califórnia descendo até San Diego, meu conselho é que só compre nesta cidade, pois os preços são bem mais baratos do que no norte do Estado. Aliás, o outlet mais caro a que já fui foi o de Vacaville, talvez pela proximidade com a sofisticada e badalada região de Napa Valley.

San Diego ganha disparada em termos de melhor preço: tudo por lá é mais barato do que em outras cidades da Califórnia. Algumas lojas na cidade já têm preço de outlet como a GAP e a Victoria’s Secrets do shopping Westfield Horton Plazza, ambas com preços melhores do que as lojas de São Francisco e até com preços melhores do que nos outlets.

Já se fizer a viagem da costa descendo até Los Angeles, sugiro ir ao Citadel Outlet, mais próximo do que outlets da rede Premium, e com todas as marcas de que gostamos. Aliás, vale lembrar que o trânsito em Los Angeles é um problema e perde-se muito tempo em deslocamentos de um ponto a outro, razão pela qual escolher locais mais próximos é a melhor solução.

citadel outlet los angeles outlets

O mesmo critério não vale se estiver em Nova York: melhor optar pelo Woodbury Common Premium Outlets, em Central Valley (a uma hora de NY), do que ir ao Jersey Gardens Outlet Mall, que fica em Nova Jersey, mais próximo porém sem tantas opções de lojas e com preços mais caros.

citadel Los Angeles outlets

Bem, vamos ao outlet!

♦ Chegue cedo. Quando as lojas abrem, o outlet está mais vazio e é até mais fácil achar uma vaga para estacionar. Além disso, se quiser andar por todo o outlet e ver todas as lojas, vai precisar de um dia inteiro.

♦ Logo que chegar, a primeira providência é procurar a área administrativa, onde você pode pegar um mapa do outlet e comprar um livrinho por US$ 10,00 que dá cupons de desconto de quase todas as lojas.

Você também pode, antes de ir ao outlet, entrar na internet, se cadastrar no site e imprimir tanto o mapa do outlet como o cupom de desconto que, apresentado na área administrativa, garante o livrinho dos descontos de graça. Assim você já economiza os dez dólares, e imprimindo o mapa em casa você não perde tempo no outlet procurando as lojas; assim você já sabe em quais ruas passar ou não.

Se esquecer ou não tiver tempo nem paciência para ver o site do outlet, vá direto comprar seu livrinho de desconto, que garante ainda mais descontos além das promoções já existentes na loja.

♦ Funciona assim: uma peça que já está com preço baixo (por estar no outlet) é remarcada e entra na promoção ganhando, por exemplo, mais 20% de desconto na etiqueta. Você leva ao caixa e, com o cupom de desconto, você pode ganhar mais 10 ou 20% sobre o preço, dependendo de cada loja. Chega a soar estranho tanto desconto, não é mesmo? É por isso que a gente gasta tanto lá fora… rsrs!

♦ Outra observação importante é em relação aos outlets tax free, onde não se paga imposto algum. Esses são sem dúvida os mais vantajosos, mas só consegui ir a um outlet desse tipo até hoje, no Estado de Ohio. Posso dizer que isso realmente faz muita diferença no preço final. Os impostos variam de Estado para Estado e de cidade para cidade. Exemplo: a taxa na Califórnia varia de 8,5% a 9%; na cidade de Nova York fica em 8,875%; já na Flórida o imposto varia de 6,5% a 7%.

♦ Por fim, saber como ir e como voltar é fundamental, pois você voltará com bastante peso!

Na maioria das vezes a viagem pelos Estados Unidos é feita de carro, mas em Nova York — um dos principais destinos dos brasileiros — o mais comum é as pessoas irem de ônibus para o outlet de New Jersey ou Central Valley. Nas viagens que fiz para NY já fui ao outlet das duas formas e posso dizer que o ônibus sai mais em conta e é superprático; mas se você for comprar muito, pense em como voltar da rodoviária para seu hotel.

♦ É essencial levar uma mala de rodinha pra guardar as compras e facilitar a volta. Por falar em mala, um erro bastante comum que os brasileiros cometem é deixar pra comprar as malas no próprio outlet. Não faça isso! Como eles sabem que é nesse momento que o pessoal está precisando das malas, o preço sobe. Leve sua própria mala ou compre em mercados como o Walmart.

♦ Outlets não são bons para comprar produtos eletrônicos. Prefira deixar para comprar depois, em lojas como a Best Buy ou no Walmart.

♦ Existe vida fora do outlet! É possível encontrar muita coisa boa e barata em lojas de departamentos ou lojas que estão espalhadas pelo país todo e são famosas entre os americanos, como Ross Dress for Less, Marshalls e T.J Maxx , Macy’s… Mas esse assunto fica para outro post.

♦ Ah!! Não posso esquecer de dizer que o mais importante é se divertir durante as compras e não ficar triste por não poder trazer tudo! É sempre bom deixar alguma coisa pra quando voltar! Não vale a pena gastar demais e ficar no cheque especial, ainda mais com o dólar tão caro, IOF, juros…

Às vezes a gente até ri do monte de cacarecos que a gente traz de viagem!

compras outlet estados unidos  outlets Na dúvida embarque

Vai viajar? Não esqueça de fazer seu Seguro Viagem!

Real Seguro Viagem seguro_viagem Na dúvida embarque_728x90

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *