O que fazer em Miami

Como dissemos no post sobre Miami Beach, esta e Miami são cidades distintas, mas na prática nem se percebe. A maior diferença é em relação à localização geográfica: enquanto Miami fica na parte continental, Miami Beach fica em uma ilha, conectada por pontes ao continente. Não deixem de ler o posto sobre Miami Beach – é fundamental.

Roteiro básico para Miami

Hospedados em South Beach, decidimos conhecer a parte continental, e para isso alugamos um carro. A paisagem ao cruzar as pontes é sempre muito bonita pois há uma integração bem harmônica entre a natureza e as construções, que mesmo sendo enormes arranha-céus não poluem o visual.  Nesse dia, todas as atrações foram gratuitas, assim como em Miami Beach, o que é ótimo em tempos de alta do dólar.

Primeiro, fomos para Downtown: prédios altos, avenidas largas, muitos carros e pouca gente caminhando nas ruas. Bem diferente de South Beach, onde se faz tudo a pé, facilmente. Fomos almoçar no descontraído Bubba Gump Shrimp, localizado dentro Bayside Marketplace. O shopping não é dos maiores e mais modernos, mas é uma boa opção para passar o tempo, sobretudo em dias chuvosos.

Além disso, o shopping possui uma marina, onde barcos ficam ancorados e de onde saem passeios para conhecer as casas dos milionários de Miami, localizadas na Biscayne Bay, além de ter vários restaurantes com vista para a baía.

Bayside Mall compras Miami Florida Na dúvida embarque

Bayside Mall compras Miami Florida Na dúvida embarque

Bayside Mall boats to Biscayne Bay Miami Florida Na dúvida embarque

Dois bairros que aproveitamos para visitar — e para isso o carro alugado se mostrou fundamental — foram Wynwood e Little Havana. Este é conhecido por ser o bairro mais latino e sobretudo o mais cubano de Miami. Até vimos algumas lojas de produtos cubanos, todas com nomes em espanhol, além de restaurantes com pratos típicos. Mas o bairro já não é tão original assim, além de ser afastado dos principais pontos turísticos da cidade. Aliás, quando paramos para perguntar a uma moradora em que altura da famosa Calle 8 (ou 8th street) ficavam os pontos mais interessantes para visitar, para nossa surpresa, ela respondeu: “Mas o que vocês vão fazer lá? Lá é perigoso…”. Fica a dica.

O outro bairro, Wynwood, foi revitalizado para abrigar galerias de arte e ateliês. A proposta foi utilizar as paredes grafitadas como atrativo para levar o público até o novo bairro. Os grafites, verdadeiras obras de arte urbanas, estão espalhados na NW 2nd Avenue, compondo uma fantástica, bela e inspiradora galeria de arte a céu aberto. Há trabalhos de diversos artistas, inclusive do brasileiro Kobra.

Wynwood Walls street art arte de  rua grafitti grafite Miami Design district Florida Na dúvida embarque

Wynwood Walls street art arte de  rua grafitti grafite Miami Design district Florida Na dúvida embarque

Wynwood Walls street art arte de  rua grafitti grafite Miami Design district Florida Na dúvida embarque

Wynwood Walls street art arte de  rua grafitti grafite Miami Design district Florida Na dúvida embarque

Foi nesse passeio entre bairros tão diferentes, e ainda costurados às praias e a art-decó de Miami Beach que sentimos o clima de uma cidade incrível (ou duas em uma!) e percebemos que a identidade da “Magic City” ou “Vice City” (como também é conhecida) vem da latinidade de hoje, ontem e sempre!

Outros pontos turísticos interessantes de Miami, que não conseguimos visitar por falta de tempo (mas que estão na nossa lista) são o Viscaya Museum, o Miami Seaquarium, o Jardim Botânico de Miami Beach, Fairchild Tropical Botanic Garden e o Parque Nacional Everglades, declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO. O parque é uma reserva ecológica que visa à preservação da vegetação nativa da Flórida, uma região alagada e pantanosa onde há uma enorme biodiversidade, muitas espécies de plantas, pássaros, crocodilos e aligatores em seu habitat natural.

Ficou para a próxima (e breve!) volta.  Se quiser, leia mais sobre Miami Beach, compras, aluguel de carro e transporte na cidade.

0 comments on “O que fazer em Miami

1 Pings/Trackbacks for "O que fazer em Miami"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *