Paris Museum Pass : vale a pena comprar?

O turismo é um fenômeno que aumenta exponencialmente mundo afora, e as pessoas querem viajar cada vez mais, pagando cada vez menos.

Não à toa, as empresas que mais crescem nesse ramo são aquelas que facilitam a vida dos viajantes independentes, seja oferecendo promoções de passagens e hotéis ou dando dicas de descontos ou atividades gratuitas para que consigam otimizar financeiramente suas viagens, ainda mais com o Euro chegando a R$ 5,00!

A maioria das grandes cidades que recebem turistas o ano todo já pensaram nisso e criaram passes para incentivar e facilitar o acesso aos pontos turísticos. Esses passes, normalmente em forma de cartão, dão direito a transporte gratuito, entrada em museus  ou descontos em atrações. Aqui escolhemos falar sobre o Paris Museum Pass, já que a capital francesa é uma das cidades mais visitada por brasileiros, durante o ano todo.

Paris, França, Museu do Louvre, Paris Museum Pass_ Na dúvida embarque

Se vale a pena comprar o Paris Museum Pass? Sempre respondo que depende! Nunca compre por empolgação ou porque alguém disse que vale a pena. Pense no tipo de viagem que você quer fazer e quanto tempo tem para conhecer a cidade. Já adianto que se você pretender visitar os museus mais importantes vai valer a pena, sim, comprar o passe!

Antes de mais nada, é importante prestar atenção aos dias da semana e do mês em que você estará em Paris, pois na segunda e terça-feira algumas atrações fecham e no primeiro domingo do mês muitos museus são gratuitos. Dessa forma, pode não ser necessário comprar o passe.

Onde comprar? É possível encontrar o Paris Museum Pass nos aeroportos de Paris, nos centros de informações turísticas localizados nas estações de trem (Gare de l’Est, Gare du Nord, Gare de Lyon), em lojas da FNAC e mesmo nas atrações turísticas, da seguinte forma: 2 dias custam 42 Euros, 4 dias custam 56 Euros e 6 dias custam 69 Euros.

Paris-Museum-Pass

Eu sou super a favor de conhecer museus — adoro e admiro cada vez mais a estrutura de museu europeus —, ainda mais em se tratando de alguns dos melhores do mundo, como o Museu do Louvre, o Museu d’Orsay e o Museu Picasso.

Porém, por terem um acervo bem grande, a visita demandará horas de seu dia. Então, se estiver indo a Paris por poucos dias ou não quiser conhecer a fundo os museus, o ideal é comprar os ingressos avulsos para as atrações, na internet (sem fila) ou na bilheteria mesmo. É melhor do que comprar o Paris Museum Pass e ficar se sentindo obrigado a entrar nos museus para não desperdiçar o dinheiro investido.

Já se você tiver tempo e quiser fazer tudo o que tem direito na Cidade Luz. nem pense duas vezes: compre o passe!

Para exemplificar, separei 7 museus e atrações que considero imperdíveis: Museu do Louvre, Museu d’Orsay, Panteão, Arco do Triunfo, Conciergerie, Cripta Arqueológica e Palácio de Versalhes. Somando os valores dos tickets daria um total de 71,50 Euros, mas se você comprasse o passe de 4 dias, custaria 56 Euros, ou seja, nesse caso vale a pena!

Vale lembrar que existem atrações que não estão incluídas no passe, como a Torre Eiffel e passeios de bateau mouche pelo Rio Sena.

Se estiver viajando em família, não esqueça que crianças e adolescentes não pagam ingresso em museus da cidade.

Vantagens do passe? Ele possibilita a visita a mais de 60 museus e atrações, e com o passe você evita filas (sendo que comprar com antecedência na internet também traz essa vantagem), embora em algumas atrações possa ser necessário ficar em fila para raio-X ou verificação de bolsas.

Ele também permite que você curta as atrações quantas vezes quiser, o que é interessante, por exemplo, no caso do Museu do Louvre, que conta com um acervo enorme.

Para mais informações, visite o site oficial do Paris Museum Pass.

0 comments on “Paris Museum Pass : vale a pena comprar?

3 Pings/Trackbacks for "Paris Museum Pass : vale a pena comprar?"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *