O que fazer em Narita, além do aeroporto internacional

Após 15 dias de viagem pelo Japão, conhecendo cidades como, Tóquio, Takayama, Kyoto, Hiroshima, Nagasaki e Miyajima, encerramos a viagem em Narita, onde fica o Aeroporto Internacional de Narita. Então, veja o que fazer em Narita para aproveitar seu tempo de conexão.

A dica para quem vai ao Japão, chegando ou saindo por Tóquio, é que existem 2 aeroportos que atendem: o aeroporto internacional de Tokyo, Haneda Airport, e o Aeroporto internacional de Narita, que são responsáveis pelo 3º maior movimento de aeroportos do mundo. Perdem apenas para os aeroportos de Londres e Nova York.

Assim, no último dia de viagem pegamos o trem de volta de Hiroshima para Narita e aproveitamos para conhecer um pouco da cidade. Como só tínhamos 1 dia visitamos as 3 principais atrações: o Templo Naritasan Shinsho-ji, o Parque Naritasan e a rua Omotesando.

O que fazer em Narita

Templo Naritasan Shinsho-ji

O Templo Naritasan Shinsho-ji é um dos templos mais bonitos que visitamos no país. É o que eu sempre digo: o Japão surpreende até o último minuto.

O Naritasan Shinsho-ji é um templo budista da dinastia Shingon, fundado em 940 D.C. O complexo budista inclui um pagode de 3 andares na praça central, um salão de orações, jardins, caminhos para passear e locais ao ar livre para orações.

Bem na entrada existe um enorme tocheiro onde os turistas ascendem incensos e fazem pedidos. Há aproximadamente 1080 anos é feito o mesmo ritual todos os dias – de ascender a chama para que as preces dos visitantes do templo sejam atendidas. Qualquer pessoa pode ver esse ritual que inclui tambores, cantos e o fogo.

A construção do templo é muito bonita, sendo composto de madeira esculpida, talhada e pintada. Ficamos cerca de 2 horas passeando pelo templo, mas se estiver com pressa, 1 hora é suficiente para conhecer o local.

o que fazer em naritao que fazer em narita

O templo abre diariamente, a visitação é gratuita, e as cerimônias acontecem várias vezes ao longo do dia. O Naritasan Shinsho-ji é um dos templos mais importantes do Japão na passagem do ano. Por isso, entre os dias 01 e 03 de janeiro, ele recebe milhares de peregrinos, o que o torna um destino concorrido no fim de ano.

Próximo ao Templo está localizado o Parque Naritasan, com um lindo espaço verde, um lugar de paz e tranquilidade perfeito para tirar fotos e descansar.

o que fazer em narita

Para chegar ao Templo, saindo do aeroporto de Narita, pegue a linha Narita Line do JR e após 25 minutos você descerá na estação de Narita. Depois de uma breve caminhada de 15 minutos você já estará no templo.

Já contratou o Seguro Viagem?

Ele é fundamental para quem viaja para o outro lado do mundo! Então, faça agora mesmo uma cotação na Real Seguros ou na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras, com o melhor custo benefício.

Rua Omotesando

Em Narita, aproveite também para conhecer a rua Omotesando, localizada praticamente em frente à saída da estação de trem, sendo um dos caminhos que leva ao templo de Naritasan Shinsho-ji Temple.

A rua, de apenas 80 metros, é pequena, estreita e bem característica do período Edo com casas de madeira e telhados típicos daquele tempo. A rua costuma ficar cheia de turistas atraídos pelas mais de 150 lojas diferentes. Você encontra artesanato e lojas de souvenirs além de muitos restaurantes, mas tivemos a sorte de vê-la ainda tranquila e vazia.

o que fazer em narita o que fazer em narita

Aliás, dizem que os peregrinos chegavam exaustos e famintos ao templo e, por isso, vários restaurantes foram abertos para recebê-los. Esse é um ótimo lugar para apreciar a culinária local. Há restaurantes de unagi (enguia e arroz), o famoso yokan (doce de feijão), senbei (bolachas de arroz feitas) e sushis.

No final do dia dormimos no The Hedistar Hotel Narita. E valeu demais descansar no último dia antes de enfrentar a maratona de volta até o Brasil.

Apesar de a cidade estar fora da rota das principais atrações turísticas do Japão, agora que você já sabe o que fazer em Narita aproveite seu tempo de conexão, já que o aeroporto fica tão perto.

Arigatô, Japão!

Pois bem, está planejando conhecer o Japão? Precisa de dicas, além d o que fazer em Narita? Então leia nossos posts:

O que fazer em Tóquio em 2, 3 e 4 dias

Kyoto, Japão: onde ficar e o que fazer

Takayama: uma viagem às tradições japonesas

1 dia em Hiroshima com passeio a Miyajima

Onde ficar em Nagasaki e onde ficar hospedado

Miyajima: passeio de 1 dia saindo de Hiroshima

Monte Fuji, Enoshima e Kamakura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *