Região do Douro de carro: dicas do Porto a Pinhão

A Região do Douro é um dos principais pontos turísticos da Região Norte de Portugal, atraindo milhares de turistas. São interessados em conhecer suas vinícolas e o processo de produção do mundialmente famoso vinho do Porto. Hoje trazemos dicas da região do Douro que percorremos de carro, até a vila de Pinhão.

Com paisagens de tirar o fôlego, colinas repletas de plantações e as curvas do Douro ao pé das montanhas, a UNESCO incluiu essa paisagem cultural como Patrimônio da Humanidade.

Antigamente, o vinho do Porto era produzido e armazenado em pipas (barris), sendo transportado rio abaixo, do Douro até Vila Nova de Gaia, em barcos chamados rabelos. E ainda hoje é possível acompanhar esse movimento. A fama e reconhecimento começaram com a exportação em grandes quantidades para a Inglaterra que, reconhecendo a qualidade do vinho, tratou de divulgá-lo mundo afora.

E não é que a divulgação funcionou mesmo?! Até hoje, o vinho é produzido na região e levado para envelhecer nas caves de Vila Nova de Gaia. Sem dúvida uma atração imperdível para compreender melhor sobre a história desse vinho e da região do Douro.

Dicas da região do Douro

Bem, para conhecer a região do Douro é possível traçar várias rotas, de acordo com seu tempo, interesse e disponibilidade. Normalmente o passeio parte do Porto, maior cidade do Norte de Portugal. Talvez você goste desse roteiro de 2 dias no Porto e também dica de onde ficar hospedado, por bairro.

Bem, as principais cidades para visitar na região do Douro são Lamego, Peso da Régua, Amarante, Sabrosa e Pinhão. Esta última é considerada o coração do Alto Douro e, por isso, foi a cidade escolhida para nossa estadia.

O que fazer em Pinhão e como chegar

Caves de vinho, Quintas com plantações em declive, uma bela estação de trem com azulejos antigos e o Rio Douro são as principais atrações de Pinhão, localizada em uma grande curva do Douro.

A maior parte das atrações é voltada para o universo do vinho, mas outras poucas atrações são igualmente imperdíveis.

A Vila de Pinhão fica localizada na parte central da demarcação do Douro, a 20 km de Peso da Régua e a 130 km do Porto, cerca de 2 horas pela estrada A4.

É possível fazer um bate-volta do Porto, mas o tempo ideal para aproveitar as Quintas e poder degustar os vinhos, sem ter que se preocupar em dirigir na volta, são 2 ou 3 dias.

Mas é imprescindível o aluguel do carro para conhecer a região, pois além de Pinhão ser uma cidade com muitos aclives e declives, as Quintas são propriedades rurais muito grandes e distantes uma das outras. Nós sempre alugamos carro no site da Rentcars e pagamos em Reais, sem IOF e ainda pode parcelar no cartão! Reserve agora seu carro e garanta o melhor preço.

Estação de Comboios

A Estação de Comboios de Pinhão foi construída no século XIX e possui painéis de azulejos que representam cenas do cotidiano da cidade. A produção do vinho, vindimas, a pisa das uvas, os produtores, o transporte do vinho até as caves de Vila Nova de Gaia, tudo lindamente desenhado nos azulejos produzidos na fábrica de AVEIRO – lembram que falei sobre a fábrica nesse outro post?

É um lugar bem pitoresco e encantador para tirar fotos ou ver o trem passar.

região do douro Portugal região do douro Portugal região do douro Portugal

Quintas e Vinícolas da região do Douro

Também recomendo a visita, no mínimo, a 2 ou 3 vinícolas. Uma com produção mais tradicional, como a Quinta do Popa e outras com produção mais moderna, como a Sandeman e a Quinta do Bomfim.

Essa é uma região para se passear com calma e se perder entre paisagens encantadoras e vinícolas. Fizemos algumas degustações na parte da manhã e outras na parte da tarde. Leia mais sobre nossa experiência nas Vinícolas do Douro.

Talvez você se apaixone pelo Douro tanto quanto nós. O certo é que essa é uma experiência perfeita: ver o pôr-do-sol com vista para o Rio Douro.

Passeio de barco pelo Douro

Uma outra atração na Vila de Pinhão é o passeio de barco, que fizemos com a agência Magnífico Douro. No verão é recomendado o agendamento do passeio, que dura de 1 ou 2 horas de navegação.

Optamos pelo tour de 1 hora, pois o dia não estava tão bonito e foi suficiente para ver vinícolas, quintas, o rio Douro e conhecer mais um pouco da história da região contada pelos guias. Há passeios saindo de hora em hora, a partir do meio-dia.

região do douro Portugal

Caso você esteja no Porto, também há a opção de fazer um cruzeiro de 2 dias pelo Douro saindo de lá, mas nesse caso a logística é diferente. Essa é a melhor hipótese para quem não pretende alugar carro para percorrer a região do douro.

Quando visitar a região do Douro

A melhor época para conhecer a região é no verão, entre os meses de junho e agosto. É possível acompanhar a vindima e a pisa das uvas – e até participar da pisa na Quinta do Popa. Além de apreciar as montanhas verdes e carregadas de uvas.

Como fomos no inverno não tivemos a oportunidade de ver a paisagem no auge, mas a região é igualmente linda e com atrações para todas as épocas.

região do douro Portugal

Onde ficar hospedado

Uma das principais dicas da região do Douro é a escolher da estadia. Há várias quintas que se transformaram em hotéis acolhedores e super charmosos. Por isso escolhemos a famosa e acolhedora Casa Casal de Loivos, uma Quinta que está na mesma família há 5 séculos. A experiência foi incrível, sendo quase indescritível a oportunidade de ficar hospedado em uma das Quintas mais bonitas da região.

Uma imensa casa muito bem preservada pela família, com serviços exclusivos e visual para o Rio Douro e suas colinas.

Por sorte, fomos no último final de semana do ano em que a Quinta estaria aberta. Eles fecham nos meses de inverno e só reabrem na primavera.

Resultado: só havia nós como hospedes na pousada. Então fomos recebidos maravilhosamente bem com vinhos, lareira, quarto confortável, café-da-manhã delicioso e jantar romântico.

região do douro Portugalregião do douro Portugal

Amanhecer naquela Quinta que também tem produção de vinho e laranjas é realmente uma experiência inesquecível. Sendo assim, não deixe de ler aqui o review deste hotel.

Para saber mais, acesse o site da Casa de Casal de Loivos.

região do douro Portugal

Por fim, sobre opções de restaurantes, devo dizer que não há tantos em Pinhão (como em outras cidades portuguesas). Mas, próximo ao rio Douro e dentro das Quintas, há ótimas possibilidades, como o Restaurante Bar Veladouro e o Restaurante Bar LBV 79.

Planejando uma viagem mais longa, de carro, por Portugal, essa é uma das regiões imperdíveis do país.

Pois bem, se você gostou dessas dicas da região do Douro leia mais sobre Portugal aqui:

ÉVORA- ONDE FICAR HOSPEDADO

SINTRAbate e volta a partir de Lisboa

CASCAIS – o que fazer – passeio de 1 dia a partir de Lisboa

CABO DA ROCA – como ir e o que fazer

GUIMARÃES– aqui nasceu Portugal

PORTO – onde se hospedar no Porto

Roteiro de 2 dias no PORTO – o que fazer

2 dias em COIMBRA – o que fazer além de visitar a Universidade

Onde ficar em Coimbra – dica de hospedagem 3 estrelas

AVEIRO – o que fazer na Veneza Portuguesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *